Bencic supera Rybakina e vai à final olímpica no tênis feminino - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Bencic supera Rybakina e vai à final olímpica no tênis feminino

Compartilhe

A tenista suíça Belinda Bencic está na final de simples do tênis feminino, nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ela superou em uma grande partida, a atleta cazaque Elena Rybakina, por 2 sets a 1, em jogo com parciais de 7-6 (2), 4-6 e 6-3, após 2h44. Com a vitória, Bencic garantiu a Suíça no pódio olímpico do tênis pela quarta vez consecutiva.

Nos últimos anos o país obteve grandes resultados no tênis nos Jogos Olímpicos. Em Pequim 2008, Roger Federer e Stan Wawrinka faturaram a medalha de ouro nas duplas masculinas. Em Londres 2012, Federer voltou ao pódio, mas desta vez em simples, após derrota diante Andy Murray na final masculina. No Rio de Janeiro 2016, Martina Hingis e Timea Bacsinszky perderam a final das duplas femininas contra Ekaterina Makarova e Elena Vesnina, e ficaram com a prata.

Classificada e com pelo menos a medalha de prata garantida, Bencic aguarda o jogo entre Elina Svitolina (UKR) e Marketa Vondrousova (CZE), para descobrir quem será sua adversária na final olímpica em Tóquio 2020.

Foto: Edgar Su/Reuters
O jogo

A primeira parcial do jogo foi muito disputada. Cada uma das tenistas tiveram duas quebras de serviço, sendo que Bencic precisou salvar outros nove break points ao longo do set. Mesmo com toda a pressão de Rybakina, que disparou sete aces na parcial, quem levou a melhor foi a tenista suíça, mesmo com suas sete duplas-faltas. No tiebreak Bencic sobrou com duas séries de três pontos seguidos, fechando o desempate em 7 a 2.

O segundo set também foi equilibrado, mas Rybakina foi mais decisiva ao efetuar duas quebras de serviço, contra apenas uma de Bencic. A tenista cazaque manteve o bom nível em seu serviço e viu a adversária seguir cometendo muitas duplas-faltas (3). Com 33 pontos dos 57 disputados, Rybakina fechou a parcial em 6-4.

A última parcial também foi um show de quebras de serviço. Com o nervosismo tomando conta da partida, outras cinco quebras aconteceram, com vantagem para Bencic, que conseguiu três, levando vantagem diante Rybakina.

A tenista suíça venceu 61% dos pontos com o primeiro saque e marcou 36 tentos, contra 27 da cazaque, para dar números finais ao jogo ao confirmar o saque e vencer por 6-3.

Foto: Edgar Su/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário