Bach visita Hiroshima e pede solidariedade ao mundo - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Bach visita Hiroshima e pede solidariedade ao mundo

Compartilhe

 


O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, visitou nesta sexta (16) a cidade de Hiroshima. Em discurso, ele pediu solidariedade no mundo inteiro e a construção de um futuro pacífico. A viagem coincide com o início da trégua olímpica, período no qual os povos cessam suas guerras para que os atletas e os torcedores possam acompanhar as Olimpíadas.


Mesmo com o protesto de 50 pessoas pedindo o cancelamento dos Jogos e contra a presença de Bach , o evento foi tranquilo e foi realizado debaixo de chuva. O presidente ainda conversou com o sobrevivente Hajiya Fumiaki, que disse a imprensa estar grato por poder contar sua história ao presidente do COI.


A edição de Tóquio-1964 relembrou os sobreviventes de Hiroshima, com o sobrevivente Sakai Yoshinori, nascido no dia do ataque, entrando com a tocha no Estádio Olímpico. Bach também falou que sua visita reafirma a missão de paz do movimento olímpico. Segundo o governador de Hiroshima, Yuzaki Hidehiko, o alemão ficou sem palavras e chocado após a visita ao Memorial da Paz, museu que conta a história em torno do 6 de agosto de 1945.


O número de mortos no ataque é estimado entre 90 e 160 mil mortos, o dado é impreciso pois leva em conta as mortes ocorridas durante a explosão e devido as doenças causadas pela radiação. Por isso, os sobreviventes tem acompanhamento do governo japonês até os dias atuais, até os que moram fora do país.


Foto em destaque: Kyodo News



Nenhum comentário:

Postar um comentário