Ashleigh Barty derrota Karolína Plísková e conquista título inédito em Wimbledon - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ashleigh Barty derrota Karolína Plísková e conquista título inédito em Wimbledon

Compartilhe

 

Ashleigh Barty conquista segundo Grand Slam da carreira


Ashleigh Barty é a grande campeã de Wimbledon. Em uma bela decisão, que teve a duração de quase duas horas, a australiana derrotou a tcheca Karolína Plísková por 2 a 1. Além do título inédito na grama sagrada, a número um do mundo conquistou o segundo Grand Slam da carreira, repetindo o feito de Roland Garros em 2019.


Barty começou a decisão com tudo, ganhando os 14 primeiros pontos da partida, e abrindo 4-0 com extrema facilidade. Entretanto, a número um do mundo deu uma relaxada no game seguinte, sendo quebrada de zero pela Plísková, começando uma sequência de três games em que as tenistas não confirmaram seus serviços. Com muitas dificuldades em ganhar os pontos com seu saque, a tcheca foi ganhar seu primeiro game de serviço apenas no oitavo game. Com vantagem na parcial, Barty confirmou o seu serviço em seguida para fechar o set em 6-3.



No segundo set, Barty quebrou o saque da Plísková logo no terceiro game. Mas a partir da metade do segundo set, a tcheca foi entrando na partida e quebrou de zero o saque da australiana no sexto game. No 11° game, Plísková foi quebrada após abrir 40-0, permitindo que a Barty sacasse para o título em seguida. Mas a tcheca conseguiu devolver a quebra, forçando um tie-break, onde ela abriu uma boa vantagem ao conquistar dois mini-breaks. A australiana chegou a devolver um deles, mas Plísková fechou o tie-break em 7-4, após a australiana cometer uma dupla falta.


Barty não se abateu e começou o terceiro set quebrando o saque da Pliskova no segundo game. A australiana conseguiu administrar a vantagem até finalmente chegar o nono game, quando ela teve a segunda oportunidade de sacar para o título. Plísková chegou a ter uma chance de devolver a quebra, mas cometeu um erro não forçado. Melhor para a Barty, que conseguiu confirmar o seu serviço e fechou a última parcial em 6-3. Ashleigh Barty é a primeira australiana a vencer Wimbledon desde 1980, quando Evonne Goolagong Cawley faturou o título na ocasião. 


Foto: Divulgação/AELTC

Nenhum comentário:

Postar um comentário