Ane Marcelle fica em 33º lugar em noite de quebra de recorde olímpico no tiro com arco - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ane Marcelle fica em 33º lugar em noite de quebra de recorde olímpico no tiro com arco

Compartilhe
Ane Marcelle dos Santos em competição olímpica individual

A arqueira Ane Marcelle dos Santos, de 27 anos, terminou com a 33ª posição no ranking round, a rodada de classificação do tiro com arco nos Jogos Olímpicos de Tóquio, disputada na noite desta quinta-feira (22) no Parque Yumenoshita, leste da capital japonesa. O evento foi marcado pela quebra do recorde olímpico após 25 anos.


Ane marcou 636 pontos na rodada inicial, que serve para definir os cruzamentos da competição. A boa pontuação lhe rendeu uma boa posição no ranking de início. A marca é um ponto a menos que os 637 marcados por ela nesta fase da Rio-2016 - quando teve o melhor resultado de uma brasileira no tiro com arco com a 9ª posição - e também abaixo dos 641 feitos no Mundial de 2019. 


Na próxima fase, já de caráter eliminatório, Ane duelará contra a já conhecida Ana Vazquez, do México, que terminou em 32º. A disputa acontecerá na noite brasileira de 26 de julho.  Se passar, deverá encarar a sul-coreana San An, que terminou a classificação na primeira colocação, com direito a quebra de recorde olímpico, com 680 pontos.


Surte + Lucas Verthein chega em 3º e avança para a próxima fase no remo


O ranking round é formado por 12 rodadas de seis disparos (após a sexta rodada há um descanso - uma espécie de intervalo entre primeiro e segundo tempo). Ou seja, as 64 atletas têm 72 flechas para fazer o maior número de pontos possíveis. 


Durante a prova, a brasileira iniciou se mantendo na segunda metade de competidores, com algumas flechas na casa do 10, mas alguns deslizes que a manteve na 37ª posição durante as primeiras rodadas. Ane cresceu na sexta rodada, quando ela teve dois 10 e quatro 9 e subiu para a 27ª posição.


No entanto, na sétima rodada - após o intervalo - a brasileira teve um flecha no 1, que desestabilizou seus próximos tiros e a fez cair para 54ª colocação. A sexta rodada foi apenas de 45 pontos, enquanto na sétima, ela marcou 50, bem abaixo da média de 54 pontos que vinha mantendo. A brasileira então se redimiu e voltar a pontuar na casa dos 54 para fechar com três flechas no alvo 10, terminando com a 33ª posição.


Recorde olímpico é quebrado após 25 anos

O ranking round teve altíssimo nível, com quatro atiradoras marcando pontuação melhor que o antigo recorde olímpico. A ucraniana Lina Herasymenko havia feito 673 pontos em Atlanta-1996, mas viu sua marca ser pulverizada nesta noite. 

San An atirando durante a Olimpíada
San An em treino na Olimpíada - Foto: Divulgação/World Archery

Três sul-coreanas lideraram, com a medalhista de prata na Rio-2016 e nova recordista olímpica, San An, na frente com 680 pontos. Jang Minhee teve 677 pontos, enquanto Kang Chae-young marcou 675. A quarta colocação ficou com a mexicana Alejandra Valencia, que marcou 674 pontos.


Na próxima fase, já de caráter eliminatório, Ane duela contra a já conhecida Ana Vazquez, do México, que terminou em 32º. O torneio eliminatório do tiro com arco acontece a partir do dia 27 de julho. Ane Marcelle aguarda o ranking round masculino, que acontecerá ainda na madrugada desta sexta, às 01h, para saber se poderá disputar o torneio de equipes mistas ao lado de Marcus D'Almeida.


Foto em destaque: Divulgação/World Archery

Nenhum comentário:

Postar um comentário