Velejadores levarão bandeira da Argentina na abertura em Tóquio; México também escolhe porta-bandeiras - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Velejadores levarão bandeira da Argentina na abertura em Tóquio; México também escolhe porta-bandeiras

Compartilhe

Os velejadores Santiago Lange e Cecília Carranza foram escolhidos nesta quinta-feira (24) como os porta-bandeiras da Argentina para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos deste ano, que serão realizados em Tóquio.


Lange, de 59 anos, e Carranza, de 34 anos, conquistaram o ouro na classe NACRA 17, que fez a sua estreia no programa olímpico nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. Paula Pareto (ARG), medalhista no judô também no 2016, era um dos nomes, mas como compete no dia seguinte, preferiu se abster de qualquer possibilidade de carregar a bandeira.


A escolha foi através de indicações das federações de esportes olímpicos para a comissão de atletas do comitê olímpico do país, que também fez as suas indicações. Os nomes mais votados, dois no masculino e dois no feminino, foram indicados a mesa diretora do comitê, que fez a escolha.


México anuncia saltador e golfista como porta-bandeiras


O Comitê Olímpico do México anunciou na quarta-feira (23) que o saltador Rommel Pacheco e a golfista Maria Gabriela Lopez Butron serão os porta-bandeiras do país na abertura em Tóquio.


Com 34 anos, Pacheco, que disputa as provas de trampolim de 3m, ganhou duas pratas em campeonatos mundiais (2017 e 2019). Já Gabriela Lopez, de 27 anos, venceu duas etapas da LPGA, liga profissional feminina de golfe, uma em 2018 e outra em 2020.


Foto: Bryian Snyder/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário