Ryan Crouser quebra recorde mundial no arremesso de peso após 31 anos - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ryan Crouser quebra recorde mundial no arremesso de peso após 31 anos

Compartilhe


Ryan Crouser segue mostrando porque é o melhor no arremesso de peso  da atualidade. Nesta sexta-feira (18), ele entrou para a história ao quebrar o recorde mundial na Seletiva Norte-Americana de Atletismo para os Jogos Olímpicos em Tóquio, com 23,37m, derrubando uma marca que estava de pé há 31 anos.


Crouser alcançou os 23,37m no quarto arremesso da final. A marca é 25 cm superior ao recorde de 1990, que era de Randy Barnes, também dos Estados Unidos. Não é de agora que Crouser vinha flertando com o recorde mundial. No final de maio, o estadunidense havia marcado 23,01m, se tornando o terceiro atleta da história a superar a marca dos 23m.


Abaixo segue o incrível arremesso de Crouser:



Prata no Rio 2016, Joe Kovacs terminou em segundo com 22,34m e em terceiro ficou Payton Otterdahl, com a marca de 21,92m, melhor marca pessoal. Os três estão classificados para disputar os Jogos, no mês de julho.

Com o recorde, Crouser é o maior favorito ao ouro em Tóquio, revalidando o título obtido no Rio de Janeiro cinco anos atrás. Ele é o atual campeão olímpico. O brasileiro Darlan Romani foi quarto colocado no Mundial de 2019 e disputa um lugar no pódio.

Foto: AP/Charlie Riedel

Nenhum comentário:

Postar um comentário