Remo: Brasil garante final e repescagem na Regata Final de Qualificação Paralímpica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Remo: Brasil garante final e repescagem na Regata Final de Qualificação Paralímpica

Compartilhe
Remadores paralímpicos do Brasil posam para foto na Regata Final de Qualificação Paralímpica


Começou nesta quinta-feira (03), em Gavirate, na Itália, a Regata Final de Qualificação Paralímpica, última oportunidade dos atletas do remo conseguirem vaga para os Jogos Paralímpicos de Tóquio. O Brasil tem dois barcos inscritos na competição e ambos já fizeram sua estreia. Claudia Santos está na final do single skiff feminino PR1, enquanto a equipe do quatro com misto PR3 disputará a repescagem. 


Claudia terminou a bateria do single skiff feminino PR1 (classe formada por remadores que possuem somente mobilidade de ombro e braços), na primeira colocação. Logo após a prova, porém, a organização constatou um erro e a brasileira foi jogada para a última colocação. Ainda assim, ela avançou à final, já que apenas quatro atletas estão inscritas na prova. A disputa pela única vaga olímpica da categoria ocorrerá no sábado, às 05h (horário de Brasília).


Já a equipe brasileira do quatro com misto PR3 (para remadores com deficiência visual ou deficiências leves e que possuem mobilidade nas pernas, troncos e braços), formada por Ana Paula Souza, Diana Barcelos, Jairo Klug, Valdeni Silva e o timoneiro Jucelino Silva, ficou na segunda colocação da primeira bateria eliminatória, com 7m22s50.


Eles ficaram 13 segundos atrás do Canadá, que venceu a prova. Apenas o primeiro colocado avançou diretamente à final, e, por isso, o barco brasileiro precisará disputar a repescagem, a ser realizada na sexta-feira, às 05h30 (horário de Brasília). Os dois primeiros colocados avançam à final, que terá duas vagas paralímpicas em jogo.


Vale destacar que o Brasil já possui duas vagas garantidas para os Jogos Paralímpicos de Tóquio no remo, ambas conquistadas pelo Mundial da modalidade de 2019. Uma delas é no single skiff masculino PR1 e a outra é no double skiff misto PR2 (remadores que possuem somente mobilidade nos troncos e nos braços).


Em paralelo à realização da regata de qualificação paralímpica, será disputada a partir desta sexta-feira a terceira etapa da Copa do Mundo de remo, também em águas italianas, em Sabaudia. O Brasil conta com um representante: Lucas Verthein, que já está garantido na Olimpíada de Tóquio no single skiff masculino. Ele entra em ação às 06h35.


Foto de capa: Divulgação/Remo Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário