Milena Titoneli e Caroline Santos são campeãs e Brasil encerra Pan de taekwondo com 14 pódios - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Milena Titoneli e Caroline Santos são campeãs e Brasil encerra Pan de taekwondo com 14 pódios

Compartilhe

Milena Titoneli é ouro no Pan de taekwondo no México

As medalhistas mundiais Milena Titoneli e Caroline Santos faturaram nesta sexta-feira (04) mais dois títulos para o Brasil no Campeonato Pan-Americano de taekwondo, disputado em Cancun, no México. O país ainda conquistou mais duas pratas e dois bronzes no dia e encerrou a competição com um total de 14 pódios, totalizando quatro ouros obtidos.


Atleta olímpica, já classificada para Tóquio-2020, Milena Titoneli confirmou o seu favoritismo e passou por três adversárias para ser campeã na categoria até 67kg. Cabeça de chave número 1, ela estreou nas quartas de final diante da dominicana Madelyn Rodriguez, que havia eliminado a haitiana Aliyah Shipman (também classificada para a Olimpíada), e não deu margem para zebras, vencendo por 27 a 7. 


Em seguida, a brasileira teve mais dificuldade com a mexicana Leslie Soltero, mas saiu vitoriosa em 19 a 15. Na finalíssima, encontrou outra atleta da casa, Victoria Tamez, e desta vez conseguiu se impor para conquistar o ouro em uma larga vitória por 19 a 4. Vale destacar que a estadunidense Paige McPherson, que também está classificada para a Olimpíada nessa categoria, não participou do torneio.


Caroline Santos, atual vice-campeã mundial na categoria até 62kg (não-olímpica), venceu apenas duas lutas para sagrar-se campeã. Primeiro, bateu a mexicana Anel Felix, por 26 a 2, e depois, na final, superou a estadunidense Anastasija Zolotic - que estará em Tóquio na até 57kg -, no golden score. Na mesma categoria, Barbara Dias perdeu nas quartas, pela própria Zolotic.


O Brasil ainda faturou duas pratas e dois bronzes nesta sexta. Sandy Macedo foi vice-campeã na categoria até 57kg, perdendo a final para a canadense Skylar Park por muito pouco, com placar final em 22 a 21. A brasileira ainda conseguiu duas vitórias, sobre a porto-riquenha Hermaliz Flores (superioridade, em 30 a 3) e sobre a panamenha Carolena Carstens (golden score).


Leonor Dias, cabeça de chave número 1 da categoria até 53kg, também venceu duas lutas antes de ser derrotada na final, pela norte-americana Makayla Greenwood, por 20 a 13. A brasileira derrotou a colombiana Lucero Gomez, por 25 a 14, na estreia, e avançou à decisão após desistência por lesão da guatemalteca Yuliena Pedroza.


Lucas Ostapiv (80kg) faturou o bronze ao vencer o mexicano Jose Pastor (golden score) e o canadense Christopher Iliesco (11 a 10) e perder na semi para o colombiano Miguel Trejos (27 a 5). João Victor Souza (63kg) também foi bronze ao vencer o guatemalteco Adrian Lau (21 a 6) e se retirar da semifinal por lesão, após estar vencendo o mexicano Carlos Navarro.


Outros brasileiros competiram no dia e foram eliminados ainda nas preliminares. Vinicius Assis (74kg) caiu diante do chileno Joaquin Churchill; Henrique Silva (68kg) perdeu para o canadense Hervan Nkongho; William Da (63kg) foi derrotado pelo chileno Cristian Olivero; e Gabriela Herculano (67kg) foi superada pela chilena Claudia Gallardo.


Após dois dias de disputas, o Brasil encerra sua participação no Pan de taekwondo com 14 pódios: foram quatro conquistas de ouro, duas de prata e oito de bronze. Dos atletas do país classificados para as Olimpíadas de Tóquio, apenas Ícaro Miguel e Milena Titoneli participaram, ambos faturando o título. Edival Marques, o Netinho, estava inscrito, mas sentiu uma lesão e foi poupado.


Em paralelo ao Pan de taekwondo, foi disputado o Pan-Americano de parataekwondo, também em Cancun, e o Brasil conquistou dois ouros e sete pódios. A partir deste sábado (05), será iniciado o Open do México, que reunirá atletas de todo o mundo em disputas que valem pontos para o ranking mundial. Talisca Reis (49kg), não inscrita no Pan, é uma das que competirão.


Foto de capa: Divulgação/Federación Mexicana de Taekwondo

Nenhum comentário:

Postar um comentário