Japão convida presidente da Coreia do Sul para a cerimônia de abertura de Tóquio-2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Japão convida presidente da Coreia do Sul para a cerimônia de abertura de Tóquio-2020

Compartilhe

O governo japonês entrou em conversas com o governo sul-coreano para que o presidente do país, Moon Jae In, esteja presente na cerimônia de abertura. A informação foi dada nesta terça (22) por fontes diplomáticas a imprensa japonesa. Recentemente, os dois governos entraram em discordância, após o Japão colocar no mapa do revezamento da tocha, a ilha de Takeshima, disputada entre as nações desde a Segunda Guerra Mundial.


Surte+:Entenda o conflito da Ilha de Takeshima


A visita seria muito importante, porque seria uma demonstração de ambos os líderes estarem abertos aos diálogos. Em Pyeongchang-2018, o então primeiro ministro japonês Abe Shinzo esteve presente na abertura. A cerimônia de abertura de Tóquio-2020 será dia 23 de julho às 08h, no horário de Brasília.


O Japão colonizou a península coreana entre 1910 e 1945, governando o local com decretos que proibiram o idioma coreano e forçando a mudança de nomes da língua local para o japonês. Além disso forçou o alistamento de coreanos ao exército e obrigou milhares de mulheres a prestarem serviços sexuais aos soldados japoneses, prática encerrada apenas quando os EUA ocuparam o território.


Apesar do cima tenso gerado pela ilha, os dois países conseguem manter uma boa relação, que levaram a sediar em parceria a Copa do Mundo FIFA de 2002, vencida pelo Brasil.


Foto em destaque: Divulgação

Um comentário:

  1. O nome da ilha está incorreto. O nome correto é Dokdo e não takeshima.

    ResponderExcluir