Irlanda, França e Rússia conquistam últimas vagas do rugby sevens para os Jogos Olímpicos de Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Irlanda, França e Rússia conquistam últimas vagas do rugby sevens para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Compartilhe


Terminou neste domingo (20) o Pré-Olímpico Mundial de rugby sevens, disputado desde sexta-feira no Estádio Louis II, em Mônaco. A competição distribuiu as últimas três vagas da modalidade para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que ficaram com a Irlanda, no masculino, e com França e Comitê Olímpico da Rússia, no feminino.

Na chave masculina, havia apenas uma vaga em jogo. Depois de passarem invictos pela fase de grupos e vencerem suas partidas na semifinal, França e Irlanda se enfrentaram na decisão. Melhor para os irlandeses, que ganharam por 28 a 19 e carimbaram seu passaporte para os Jogos Olímpicos.

Já entre as mulheres, havia dois lugares em disputa, já que a seletiva da América do Norte, Central e Caribe não distribuiu vagas diretas. Derrotada na final do masculino, a França conquistou a vaga no feminino, depois de superar Hong Kong por 51 a 0 na semifinal. A outra vaga ficou com o Comitê Olímpico da Rússia, que venceu o Cazaquistão por 38 a 0.

Com isso, as três seleções se juntam a outras 21 que já estavam garantidas no torneio olímpico. O Brasil estava escalado para participar no Pré-Olímpico masculino. Porém, a Confederação Brasileira de Rugby anunciou em maio a desistência do país devido à proximidade com os jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de Rugby XV.

No feminino, a seleção brasileira já está classificada para os Jogos Olímpicos. As Yaras conquistaram a vaga direta depois de vencerem o Pré-Olímpico Sul-Americano em junho de 2019, em Lima, no Peru.

Confira os países classificados no rugby sevens para os Jogos de Tóquio:

Masculino: Japão, Fiji, Estados Unidos, Nova Zelândia, África do Sul, Argentina, Canadá, Grã-Bretanha, Austrália, Quênia, Coreia do Sul e Irlanda;

Feminino: Japão, Nova Zelândia, Canadá, Estados Unidos, Austrália, Brasil, Grã-Bretanha, Quênia, Fiji, China, França e Rússia.

Foto: Reprodução/World Rugby

Nenhum comentário:

Postar um comentário