Brasil é superado pela França e perde a primeira na Liga das Nações - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Brasil é superado pela França e perde a primeira na Liga das Nações

Compartilhe


O Brasil perdeu a primeira na Liga das Nações na manhã dessa quinta feira. Com atuação irregular, os brasileiros foram superados pelos adversários franceses por 3 a 0 com parciais surpreendentes: 39-37/25-18/30-28. A França segue invicta na competição.

O maior pontuador da partida foi o francês Patry, que estava imparável. O oposto marcou 20 pontos. Do lado brasileiro, Leal e Lucarelli marcaram 12 pontos cada. Douglas Souza entrou no terceiro set e marcou 6 pontos. A seleção brasileira encontrou bastante dificuldade no bloqueio, tendo pontuado cinco vezes nesse fundamento no primeiro set e não pontuando mais no restante do jogo.


Os brasileiros terão pouco tempo para se recuperar da derrota, já que voltam às
quadras para enfrentar a Sérvia amanhã às 08 da manhã, horário de Brasília

Times titulares:

Brasil: Bruninho, Wallace, Leal, Lucarelli, Isac e Flávio. Líbero: Thales

França: Barthélémy, Patry, Tillie, Ngapeth, Le Goff e Toniutti. Líbero: Grebennikov

Como foi o jogo

O Brasil começou arrasador, chegando a abrir seis pontos no placar no início do set, porém viu essa vantagem sumir na metade da parcial, quando os franceses encostaram e ficaram a apenas um ponto de diferença. Já na reta final do set, um erro de ataque de Lucarelli empatou o jogo em 22 pontos. A seleção brasileira, nesse primeiro set, já tinha cometido o dobro de erros dos adversários e, novamente em um ataque para fora, a seleção francesa passou à frente pela primeira vez no placar. O jogo então seguiu um forte equilíbrio, com a França impedindo três set points brasileiros e passando a frente em 27 a 26, tendo seu primeiro set point. Depois foi a vez do Brasil impedir dois set points da França, empatando o jogo em 28 pontos. O set parecia que não ia ter definição, com as duas equipes se alternando no placar até incríveis 39 a 37, quando a França conseguiu fechar a parcial. O primeiro set teve duração de 48 minutos.


A França saiu na frente novamente no segundo set, dominando o jogo até o final do set. O Brasil até tentou, mas a defesa não conseguiu parar o ataque francês, sobretudo nas mãos de Patry, que já havia pontuado 16 vezes nesse momento da partida. A seleção brasileira também continuou errando bastante, que facilitou os adversários a dispararem no placar. Com uma performance arrasadora, a França fechou o segundo ser com placar de 25 a 18.


Assim como em todo o jogo, a França saiu na frente e engoliu o plano de jogo brasileiro. O Brasil seguiu errando bastante, principalmente no saque, que facilitava para os franceses seguirem segurando a vantagem. A seleção brasileira também não conseguiu parar o forte ataque francês e se acertar no bloqueio, não tendo pontuado nesse fundamento desde o primeiro set. Para tentar mudar a história do jogo, o treinador Schwanke mexeu no time, tirando Leal para a entrada de Douglas Souza. Aí a história do set começou a mudar. O Brasil conseguiu correr atrás e empatar o placar em 19 pontos. Desde então o duelo seguiu equilibrado, assim como foi o final do primeiro set. As duas seleções impedindo os set points e trocando a vantagem. Porém, melhor para a equipe francesa, que conseguiu fechar o set - e o jogo - com placar de 30 a 28.


Foto: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário