Ariarne Titmus faz segundo melhor tempo da história nos 200m livre - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Ariarne Titmus faz segundo melhor tempo da história nos 200m livre

Compartilhe

Liderado por Ariarne Titmus, o revezamento 4x200m livre da Austrália é favorito ao ouro em Tóquio. A nadadora venceu os 200 metros livre feminino na Seletiva Olímpica e Paralímpica do país com um tempo de 1:53.09, o segundo melhor da história. A marca de Titmus, é apenas onze centésimos mais lenta do que o recorde mundial da italiana Federica Pellegrini, da época dos trajes tecnológicos.


Emma McKeon terminou em segundo lugar na prova, com 1:54.74. McKeon e Titmus se classificaram para os 200m livre em Tóquio. Completando o top-4 da final, Madison Wilson fez 1:55.68 e Leah Neale nadou para 1:56.08. A soma dos tempos das quatro primeiras colocadas é dois segundos mais rápido que o recorde mundial do revezamento.

Um dia após quebrar o recorde mundial dos 100m costas, Kaylee McKeown venceu os 200m medley feminino com 2:08.19. Nos 800m livre masculino, Jack McLoughlin terminou em primeiro com 7:42.51. Ambos, garantiram mais uma prova nos Jogos Olímpicos. 

Na final dos 200m borboleta masculino, três nadadores fizeram um tempo abaixo do índice de qualificação definido pela Swimming Australia. As vagas olímpicas ficaram para Matthew Temple, primeiro lugar com 1:55.25 e David Morgan, segundo com 1:55.40.

Na natação paralímpica, foram realizadas provas de medley apenas (150m para as classes SM2 a SM4 e 200m para nadadores acima da classe SM5). Conseguiram o índice de qualificação: Grant Patterson (SM3), Ahmed Kelly (SM3), Timothy Hodge (SM9), Jesse Aungles (SM8) e Matt Levy (SM7) no masculino e Jasmine Greenwood (SM10) no feminino. Vale lembrar, que como a Austrália tem um limite de 32 vagas na natação da Paralimpíada, a classificação será definida ao fim da seletiva, sendo convocados os melhores colocados no ranking mundial entre os nadadores com índice.

Foto: Delly Carr/Swimming Australia

Nenhum comentário:

Postar um comentário