Rússia domina o primeiro dia do Europeu de Esportes Aquáticos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Rússia domina o primeiro dia do Europeu de Esportes Aquáticos

Compartilhe

O Campeonato Europeu de Esportes Aquáticos teve início nesta segunda-feira (10) em Budapeste, na Hungria. No primeiro dia de competições, a Rússia levou os dois primeiros ouros da competição no nado artístico e nos saltos ornamentais.

Aleksandr Maltsev e Mayya Gurbanberdieva venceram a rotina técnica do dueto misto do nado artístico. Os russo se apresentaram ao som de “Bring me to life” da banda de rock Evanescence e tiraram 91.7963. A prata ficou com os espanhóis Emma Garcia e Pau Ribes com 84.8694, com os italianos Nicolo Oligari e Isotta Sportelli na terceira posição com 77.4281.

Classificação final - Nado artístico: Dueto misto - rotina técnica
1. Aleksandr Maltsev e Mayya Gurbanberdieva (RUS) - 91.7963
2. Emma Garcia e Pau Ribes (ESP) - 84.8694
3. Nicolo Oligari e Isotta Sportelli (ITA) - 77.4281
4. Jozef Solymosy e Silvia Solymosy (SVK) - 73.3682

Mais cedo, a final do dueto feminino, na rotina técnica, teve que ser interrompida devido a problemas nas caixas de som que ficam sob a água. A disputa chegou a ter longas pausas entre as apresentações para tentar resolver o problema, mas a prova foi suspensa após o som falhar no meio da rotina de Kate Shortman e Isabelle Thorpe da Grã-Bretanha.

No momento da interrupção, as “Svetlanas” Romashina e Kolesnichenko, da Rússia, estavam na primeira colocação com 95.4953 pontos, com a dupla da Ucrânia em segundo lugar e a da Áustria na terceira posição. Mas de acordo com um comunicado divulgado pela Liga Europeia de Natação (LEN), o comitê técnico de nado artístico da entidade decidiu refazer a prova inteira, já que o problema no áudio pode ter afetado o desempenho de outras duplas. O evento foi remarcado para quinta-feira, dia 13, no horário que estava prevista a preliminar da rotina livre por equipes, que agora terá apenas a final.

Rússia vence também nos saltos ornamentais

A primeira final dos saltos ornamentais no Europeu foi a da competição por equipes. Nela, são disputados seis saltos: um masculino e um feminino cada no trampolim de 3m e na plataforma de 10m, além de um salto sincronizado misto no trampolim de 3m e outro na plataforma de 10m.

A equipe russa, formada por Kristina Ilinnykh, Evgenii Kuznetsov, Ekaterina Beliaeva e Viktor Minibaev venceu a disputa, somando 431.80 pontos. Destaque para o quádruplo e meio mortal para a frente de Kuznetsov no trampolim, que foi o melhor salto da final, com 96.90, recebendo notas 8.5 e 9.0 dos árbitros.

A equipe italiana, composta por Chiara Pellacani, Andreas Larsen, Sarah di Maria e Ricardo Giovannini, ficou com a medalha de prata, com 428.00 pontos. A Alemanha, com o quarteto Tina Punzel, Patrick Hausding, Christina Wassen e Lou Massenberg, chegou a liderar a final ao término da parte dos saltos de trampolim. Mas um desempenho mediano na plataforma deixou o time com o bronze, somando 421.00  nas seis rodadas.

Classificação final - Saltos ornamentais: Prova por equipes
1. Rússia 431.80
2. Itália 428.00
3. Alemanha 421.00
4. Grã-Bretanha 383.40
5. Ucrânia 382.00
6. Hungria 258.00
7. Noruega 237.00

Foto de capa: Divulgação/DeepBlueMedia/LEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário