Parada das Nações Tóquio 2020 - Palau - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Parada das Nações Tóquio 2020 - Palau

Compartilhe

Isso mesmo, você não leu errado! A república do Palau é um pequeno país na região da Micronésia, Oceania. Provavelmente um dos países mais desconhecidos, Palau se destaca pela sua beleza natural, uma característica comum entre as nações desta parte do mundo.


O arquipélago de Palau possui mais de 500 ilhas e atóis. Curiosamente, sua capital, Ngerulmud, é a capital com a menor população entre todos os países, com cerca de 400 habitantes. Por sua vez, Koror, é a ilha e a cidade mais povoada, com mais da metade dos cerca de 21 mil habitantes do país.


A história de Palau é antiga e extremamente influenciada por guerras e tratados ao longo dos anos. Acredita-se que os primeiros moradores desta nação vieram da Indonésia, a cerca de três mil anos. 


A ilha foi descoberta, oficialmente, pelos Espanhóis, no século XVI. Por muito tempo, Palau ficou esquecido dos mapas de geografia, até que em 1899 a Espanha vendeu o seu território para a Alemanha.


Quinze anos depois, a posse destas ilhas mudou de dono, novamente. Desta vez, o Japão decidiu invadir as ilhas e controlar a região. Contudo, logo após perder a Segunda Guerra Mundial para os Estados Unidos, o Japão foi obrigado a ceder o controle da região para os estado-unidenses, sendo parte do acordo desenvolvido pelas Nações Unidas para a proteção das ilhas do pacífico.


Em 1979, os palauanos decidiram por não se anexarem aos Estados Federados da Micronésia, e preferiram pela sua independência. Só após um longo período de disputas e conflitos internos, em 1994, os palauanos votaram a favor de um tratado de livre associação com os Estados Unidos.


 


Trajetória Olimpica


Infelizmente, a história olímpica e esportiva de Palau não é tão rica quanto a sua cultura. Dentro do cenário continental, Palau é apenas o 18° colocado no ranking histórico de nações nos Jogos do Pacífico, são 33 medalhas no total, sendo 9 ouros.


O seu comitê olímpico só obteve reconhecimento em 1999, e desde Sydney 2000, o país se faz presente em todas as edições dos Jogos Olímpicos. A melhor participação nos jogos veio em Londres 2012, com o 13° lugar com Stevick Patris, no levantamento de peso. Hoje, Patris é o presidente da federação palauana do esporte.


Florian Skilang Temengil, do Wrestling, é outro atleta de destaque do país. Ele competiu nos jogos do Rio 2016, sendo eliminando para um húngaro na primeira rodada.

 


Atletismo

Para Tóquio é muito provável que Palau dependerá dos convites das federações internacionais e do comitê olímpico, para vermos a sua bandeira em terras japonesas.


Rodman Teltull é um dos candidatos. Ele participou das últimas duas edições de Jogos Olímpicos.


Foto: Zimbio.com

Levantamento de peso

Um dos esportes mais tradicionais do país, no qual poderemos contar com atletas palauanos no Japão.


Contudo, desde o ano passado, o Palau não participa de competições neste esporte, e não consta com nenhum atleta no ranking de classificação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário