Marchadores brasileiros cumprem quarentena no Equador para disputar a Copa Pan-Americana de Marcha Atlética - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Marchadores brasileiros cumprem quarentena no Equador para disputar a Copa Pan-Americana de Marcha Atlética

Compartilhe



A delegação brasileira composta por quinze atletas e mais integrantes da comissão técnica, estão em Guayaquil, Equador, para disputa da Copa Pan-Americana de Marcha Atlética, que acontece na sexta-feira (07). Devido às restrições impostas pelo governo local, a equipe viajou dia 27 de abril e está cumprindo quarentena de 10 dias.

Nesse período de 10 dias de quarentena, que termina nesta quinta-feira (06/05), a equipe só teve autorização para treinar uma vez por dia e por um período de duas horas, no Estádio Modelo Alberto Spencer. Além disso, o protocolo sanitário inclui, exame PCR, uso de álcool em gel e medição de temperatura.

A competição estava programada para os dias 8 e 9 de maio, mas como o governo local, decretou lockdown no pais nos finais de semana, a organização resolver antecipar a competição.

"Estamos no confinamento. Isolamento total, tipo Big Brother. Somos a única equipe em quarentena” lembrou a treinadora chefe Gianetti Bonfim. “O governo nos reservou um hostel simples. A administração compra marmita para gente. Às vezes, cozinhamos. A gente faz tudo isso por muito amor ao esporte”.

A treinadora que também é mãe do atleta integrante da equipe, o medalhista de bronze Mundial Caio Bonfim, se diz otimista, apesar de todas as restrições. “Acredito em bons resultados. Com certeza, vamos conseguir medalhas, embora a competição seja muito forte, porque as Américas tem grandes marchadores”.

Os atletas que estão em Guayaquil, foram convocados via Copa Brasil de Marcha Atlética, e tem na competição, uma chance de conquistarem índice para as Olimpíadas e para o Mundial Sub-20.

Além de Gianetti, os treinadores que estão junto com a delegação são: Diogo Dias Gamboa (SC), Cisiane Dutra Lopes (PE) e Luiz Paulo Porto (RJ). Também estão com a delegação, o médico Rodrigo Morette Arantes (SP), a fisioterapeuta Sheyla Souza Alves Oechsler (SC) e o delegado da CBAt Aércio Silva de Oliveira.

Atletas em Guayaquil são:

20 km masculino

Caio Bonfim (CASO-DF)

Matheus Gabriel Correa (AABLU-SC)

Lucas Mazzo (CASO-DF)

20 km feminino

Emily Pistor (UCA-SC)

Elianay Barbosa (CASO-DF)

50 km masculino

Max Batista dos Santos (CASO-DF)

José Alessandro Bagio (FME Timbó – SC)

Rudney Dias Nogueira (UCA_SC)

35 km feminino

Paula Raissa Paz (Sport Clube Recife-PE)

Elisangela Pereira da Silva (Projeto Atletismo Campeão-PE)

Viviane Santana Lyra (AEFV-RJ)

10 km sub-20 masculino

Heron Rodrigues Miranda (Balneário Camboriú-SC)

10 km sub-20 feminino

Gabriela de Souza Muniz (CASO-DF)

Gabrielly Cristina dos Santos (PM Colombo-PR)

Bruna Batista de Oliveira (AABLU-SC)

Foto: Divulgaçã/CBAt

Nenhum comentário:

Postar um comentário