Kolesnikov dá show novamente e é campeão europeu nos 100m livre - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Kolesnikov dá show novamente e é campeão europeu nos 100m livre

Compartilhe

O russo Kliment Kolesnikov venceu mais uma prova no Campeonato Europeu de Esportes Aquáticos, nesta quarta-feira (19). Após quebrar o recorde mundial dos 50m costas, Kolesnikov ganhou os 100m livre com novo recorde da competição. Abaixo, os resultados do dia:

100m livre masculino
1. Kliment Kolesnikov (RUS) 47.37
2. Alessandro Miressi (ITA) 47.45
3. Andrei Minakov (RUS) 47.84

Kliment Kolesnikov venceu mais um título europeu, desta vez nos 100m livre masculino. Numa disputa acirrada com o italiano Alessandro Miressi, decidida na chegada, o russo marcou 47.37, oito centésimos à frente do segundo colocado e quebrando o recorde do campeonato. O tempo de Miressi é novo recorde italiano da prova (o nadador quebrou a marca três vezes na competição). Andrei Minakov, da Rússia, ficou com a medalha de bronze.

A final também teve outros dois recordes nacionais. Em quarto lugar, Nandor Nemeth quebrou o recorde húngaro (47.84) e o sexto colocado, David Popovici de apenas 16 anos, fez o novo recorde romeno (48.08).

1500m livre masculino
1. Mykhaylo Romanchuk (UKR) 14:39.89
2. Gregorio Paltrinieri (ITA) 14:42.91
3. Domenico Acerenza (ITA) 14:54.36

O ucraniano Mykhaylo Romanchuk venceu os 1500m masculino com um tempo de 14:39.89. O nadador assumiu a liderança da prova na altura dos 500m e conseguiu abrir uma vantagem para terminar tranquilamente na primeira posição. Os italianos Gregorio Paltrinieri e Domenico Acerenza ficaram com as medalhas de prata e bronze, respectivamente.

100m peito feminino
1. Sophie Hansson (SWE) 1:05.69
2. Arianna Castiglioni (ITA), 1:06.13
3. Martina Carraro (ITA), 1:06.21


O primeiro ouro da Suécia no Europeu de Esportes Aquáticos veio com Sophie Hansson nos 100m peito feminino. A sueca fez um tempo de 1:05.69, igualando o recorde nacional da prova, que a nadadora havia feito na semifinal. As italianas Arianna Castiglioni e Martina Carraro ficaram com a prata e o bronze.

A britânica Sarah Vasey era a primeira colocada na virada dos 50m, mas não conseguiu manter a vantagem, tendo a pior parcial na segunda metade da prova e terminando no sexto lugar. Quem também ficou fora do pódio foi a russa Yulia Efimova. Em má fase, após não conseguir se classificar para Tóquio 2020 na sua principal prova, os 200m peito, Efimova estava focando apenas nos 100m, mas terminou em quarto lugar.

50m costas feminino
1. Kira Toussant (NED) 27.36
2. Kathleen Dawson (GBR) 27.46
3. Maaike de Waard (NED) 27.74

Kira Toussant venceu os 50m costas feminino em uma disputa apertada com a britânica Kathleen Dawson. A neerlandesa terminou 10 centésimos à frente da adversária. Os Países Baixos conseguiram também a medalha de bronze, com Maaike de Waard.

200m borboleta masculino
1. Kristof Milak (HUN) 1:51.10
2. Federico Burdisso (ITA) 1:54.28
3. Tamas Kenderesi (HUN) 1:54.43


Kristof Milak dominou os 200m borboleta masculino, conquistando o ouro com 1:51.10, novo recorde do campeonato. O nadador húngaro chegou a nadar parte da prova abaixo dos parciais do seu próprio recorde mundial (que é de 1:50.73), mas acabou ficando a quatro décimos de segundo da marca. Com o favoritismo de Milak na prova, a disputa principal era pelas outras posições do pódio entre Federico Burdisso (ITA), Tamas Kenderesi (HUN) e Antani Ivanov (BUL). O búlgaro esteve na terceira posição em todas as parciais mas foi ultrapassado por Kenderesi no final.

4x200m livre masculino
1. Rússia 7:03.48
2. Grã-Bretanha 7:04.61
3. Itália 7:06.05

Mais um ouro para a Rússia, agora no revezamento 4x200m livre masculino, com novo recorde do campeonato europeu. Os russos fizeram uma prova excelente, com destaque para o parcial de Martin Malyutin que abriu o revezamento com com um tempo de 1:45.15, se colocando como favorito para levar o título na prova individual. Grã-Bretanha e Itália completaram o pódio em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Os resultados do campeonato europeu também mudaram o ranking da repescagem da Federação Internacional de Natação que define as últimas quatro vagas dos revezamentos nos Jogos Olímpicos. França e Irlanda terminaram em quarto e quinto lugar respectivamente, e melhoraram seus tempos na lista.

Ranking repescagem 4x200m livre
1. França 7:07.24 (Europeu 2021)
2. Hungria 7:07.67 (C. Húngaro 2021)
3. Irlanda 7:12.00 (Europeu 2021)
4. Bélgica 7:12.99 (Mundial 2019)

Nesta quarta-feira, também foram realizadas semifinais de cinco provas, com destaque para os 200m medley masculino, onde o húngaro Hubert Kos fez 1:56.99, novo recorde mundial júnior da prova.

Melhores tempos das semifinais:
100m costas masculino: Apostolos Christous (GRE) 52.77
200m borboleta feminino: Boglarka Kapas (HUN) 2:07.25
200m peito masculino: Erik Persson (SWE) 2:07.85
200m medley masculino: Hubert Kos (HUN) 1:56.99
200m livre feminino: Barbora Seemanova (CZE) 1:57.20

Fotos: Divulgação/LEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário