Ágatha/Duda e Alison/Álvaro Filho avançam para as quartas de final em Cancún - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ágatha/Duda e Alison/Álvaro Filho avançam para as quartas de final em Cancún

Compartilhe



Duas duplas brasileiras avançam para as quartas de final em Cancún, na disputa do terceiro evento do hub mexicano, pelo Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2021. Ágatha/Duda e Alison/Álvaro Filho estão entre as oito que avançaram ontem, após rodada bastante movimentada.


Ágatha/Duda, campeãs na última etapa do Circuito, venceram duas vezes na sexta-feira. No primeiro jogo, superaram a dupla alemã Behrens/Ittlinger por 2 sets a 0 e, na sequência, venceram as compatriotas Talita/Taiana, também por 2 sets a 0.


Nas quartas, as atuais campeãs enfrentarão a dupla holandesa Van Iersel/Ypma neste sábado (01), às 14h.


Já pelo torneio masculino, Alison/Álvaro Filho precisaram entrar na areia somente uma vez. Por terem se classificado em primeiro lugar no grupo, os brasileiros evitaram a repescagem e conseguiram vaga direta nas oitavas de final. Eles enfrentaram os holandeses Brouwer e Meeuwsen, medalhistas de bronze no Rio em 2016. Os brasileiros venceram por 2 a 1, de virada, após perderem o primeiro set.


As outras três duplas brasileiras no torneio masculino acabaram ficando pelo caminho na rodada de ontem. Pedro Solberg/Arthur Lanci perderam para a dupla suíça Heidrich/Gerson por 2 a 0, terminando a sua participação na quarta posição. André e George foram um pouco mais longe, mas foram superados nas oitavas de final pela dupla estadunidense Dalhausser e Lucena em seu terceiro jogo no dia. Antes, eles havia superado os italianos Abbiati/Andreatta na fase de grupos e os canadenses Pedlow e Schachter na repescagem, ambos os jogos por 2 sets a 0.


Alison e Álvaro enfrentarão a sensação do Catar no próximo compromisso pelas quartas de final.


Os três torneios realizados no México são de extrema importância para a corrida olímpica, com as duplas vencedoras somando 800 pontos no ranking mundial.


Foto: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário