WSL em Narrabeen, dia 1: Ítalo mais uma vez dá show e Fanning vai disputar a repescagem em seu retorno - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

WSL em Narrabeen, dia 1: Ítalo mais uma vez dá show e Fanning vai disputar a repescagem em seu retorno

Compartilhe


O Circuito Mundial de Surfe (WSL) deu início nesta sexta-feira (16) a segunda etapa da perna australiana e a terceira do campeonato, em Narrabeen. Ítalo Ferreria e Gabriel Medina foram mais uma vez o destaque da Brazilian Storm, que marcarão presença em peso na fase de 32. Em seu retorno como convidado ao circuito, a lenda Mick Fanning não avançou e vai disputar a repescagem.

A bateria mais aguardada do dia, contando com Ítalo Ferreira, líder do ranking mundial, e os australianos Morgan Cibilic, destaque da última etapa, e Mick Fanning, tricampeão mundial, não decepcionou. 

Em mais uma apresentação de gala, com direito a floats que lhe deram 7,33 e aéreos, semelhante ao feito na final em Newcastle, o brasileiro ficou em situação tranquila para garantir a vaga na fase de 32. Mesmo praticamente classificado, Ítalo continuava em busca de notas mais altas, para delírio do público na areia.

A Morgan e Fanning restou disputar a segunda vaga. O tricampeão do mundo não conseguiu ter uma boa performance, ficando em último com 5,60 de pontuação. Cibilic, por sua vez, conseguiu encaixar apenas uma boa manobra e outra regular, somando 10,33 e se garantindo na próxima fase. 

Vice campeão em Pipeline e em Newcastle, Gabriel Medina estreou nas ondas de Narrabeen contra o potiguar Jadson André e o convidado local Dylan Moffatt. O paulista fez um aéreo reverso com giro quase completo recebendo 5,60 dos juízes, assumindo a liderança na metade da bateria. Não satisfeito, fez outro aéreo para 6,07, não conseguindo pontuação maior por se desequilibrar na aterrisagem.

Jadson André também conseguiu a classificação, se utilizando da prioridade no último minuto para fazer um tubo e dar toques finais a bateria. Moffatt agora vai disputar a fase de eliminação.

Na primeira bateria, Yago Dora enfrentou o japonês Kanoa Igarashi e o australiano Connor O' Leary. Yago e Connor começaram muito bem, com boas notas logo no início da disputa, ao contrário do surfista japonês. No entanto, Igarashi se recuperou pra cima de O' Leary e se classificou junto do brasileiro para a próxima fase.

Alex Ribeiro encarou o português Frederico Moraes e o havaiano John John Florence. O europeu sobrou e a disputa pela segunda vaga ficou entre Alex e John John. O havaiano encontrou uma onda a cinco segundos do fim e com um aéreo virou pra cima do brasileir,o que não aproveitou a prioridade na onda.


Quem também vai  passar pela repescagem é Caio Ibelli. O brasileiro apresentou muita dificuldade em sua bateria com quedas em todas as tentativas e, assim, perdeu a série de maneira fácil para o anfitrião Jack Robinson e o norte-americano Griffin Colapinto.

Filipe Toledo e Adriano de Souza, o Mineirinho, disputaram juntos a bateria contra o australiano Mikey Wright. Esta série chegou a ter a maré mais alta do dia por alguns minutos. Logo na primeira onda, Toledo mostrou não estar para brincadeira conseguindo duas ondas de nota 6,67, uma delas um aéreo para frente na base da onda, e em dois minutos e meio, e acabou com a disputa. 

A disputa entre Mikey e Mineirinho ficou na maior parte da bateria restrita a busca de ondas, mas faltando trinta e oito segundos o brasileiro achou a onda certa, fazendo 4,40, classificando os dois brasileiros da série.

A Brazilian Storm ainda garantiu outros surfistas na fase de 32, como Peterson Crisanto, que passou em segundo com 6,17 contra 6,14 do francês Jeremy Flores. Já Miguel Pupo sobrou em sua bateria contra Conner Coffin (EUA) e Julian Wilson (AUS). Deivid Silva também teve certa tranquilidade e se classificou como líder de sua bateria 

No feminino, a brasileira Tatiana Weston Webb estreou em Narrabeen contra a norte-americana Courtney Conlogue e a australiana Bronte Macaulay e não fez uma boa apresentação, ficando em terceiro na bateria com 7,90 no somatório (5,33 + 2,57), resultado que a faz disputar a fase de eliminação para tentar voltar a disputa da terceira etapa do campeonato.

A WSL tem a previsão de continuar a competição neste sábado (17) com chamada programada para às 17:45, o torneio tem transmissão do site, Facebook e YouTube da liga e da ESPN 2.


Foto: Divulgação/ WSL

Nenhum comentário:

Postar um comentário