Ucrânia entra com recurso e Isaías Filho é desclassificado do Mundial Juvenil de Boxe - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Ucrânia entra com recurso e Isaías Filho é desclassificado do Mundial Juvenil de Boxe

Compartilhe


O brasileiro Isaías Filho, que havia garantido uma medalha no Mundial Juvenil de Boxe na manhã desta segunda-feira (19), ao derrotar Ilia Tohobytskyi, foi eliminado da competição no "tapetão", poucas horas depois de sua conquista. Segundo informado pelo Olimpíada Todo Dia, e confirmado pelo Surto Olímpico, a Ucrânia, país do boxeador adversário, entrou com um recurso pedindo a revisão do resultado e foi acatada pela Associação Internacional de Boxe (Aiba), tornando o brasileiro perdedor. 


Isaías chegou na semifinal da categoria até 75kg e, consequentemente, garantido ao menos um bronze depois da vitória sobre Tohobytskyi por 3:2, em uma decisão muito apertada. No entanto, pouco após a luta, a Ucrânia protestou contra o resultado. 


Segundo um comunicado, entregue a representantes da seleção brasileira de boxe em Kielce, na Polônia - obtido em primeira mão pelo OTD -, que foi assinado por Dragoljub Radovic, delegado técnico do Mundial, o recurso foi analisado minunciosamente por um juiz avaliador da AIBA, responsável pela luta, que tomou a decisão favorável ao europeu. 


(Reprodução/OTD)


Apesar de expor nomes de oficiais responsáveis pelo caso e indicar a derrota do brasileiro, o comunicado em questão não dá nenhum indício de quais possíveis erros teriam sido cometidos pela arbitragem durante a luta, tampouco apresenta justificativas para a mudança de resultado. O documento apenas foi entregue à delegação brasileira sem informações adicionais.


Depois de lutar nesta segunda, Isaías se preparava para disputar sua semifinal contra o búlgaro William Rosenov Cholov, que aconteceria já nesta terça-feira. A programação do evento confirma a presença de Tohobytskyi na luta contra Cholov e, não do brasileiro, apesar dos resultados oficiais da Aiba, desatualizados, ainda creditarem a vitória de Isaías contra o ucraniano.


Ainda de acordo com o Olimpíada Todo Dia, a Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe) enviou um email em protesto para a federação internacional, indignada com a alteração do resultado. A entidade pede maiores informações sobre porque o recurso foi aceito, solicitando respeito e transparência aos países participantes da competição.


Apesar das tentativas da confederação, novas mudanças não deverão ocorrer. Assim, o Brasil encerra sua participação no Mundial Juvenil tendo como melhores resultados as quartas de final de Isaías (75kg), Yuri dos Reis (60kg) e Ezequiel Cruz (64kg). Outros quatro pugilistas brasileiros também competiram, mas não passaram das oitavas.


Foto de capa: Reprodução/Aiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário