Por direitos humanos, Estados Unidos considera boicotar Pequim 2022 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Por direitos humanos, Estados Unidos considera boicotar Pequim 2022

Compartilhe

O Departamento de Estado dos Estados Unidos disse nesta terça-feira (6) que o país pode boicotar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, que serão realizados em Pequim.


O motivo do boicote seria a repressão as minorias e o constante abuso dos direitos humanos no país asiático.


O porta-voz do departamento, Ned Price, disse que o  país iria consultar outros países para saber se seria possível um boicote conjunto ao evento que terá início em 4 de fevereiro do ano que vem. Price disse ainda que a administração está considerando tomar a ação, mas não chegou a uma decisão final.


Tanto o governo de Donald Trump quanto o de Joe Biden tem chamado de genocídio a tentativa chinesa de controlar a minoria mulçumana uigur no noroeste do país e a pressão contra ativistas pró-democracia em Hong Kong.


Recentemente, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse que um boicote olímpico nunca conseguiu alcançar qualquer objetivo e que punir o atleta de seu país por conflitos com outro país não faz sentido.


Foto: Andy Wong/AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário