No segundo dia do Bryan Clay Invitational, atletas brasileiros conquistam mais vitórias - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

No segundo dia do Bryan Clay Invitational, atletas brasileiros conquistam mais vitórias

Compartilhe



Neste sábado (17), a delegação brasileira no atletismo finalizou o Bryan Clay Invitational, competição disputada na Califórnia, nos Estados Unidos, com bons resultados. Em preparação para o Mundial de Revezamentos, na Polônia, Paulo André e Rosângela Santos foram os grandes destaques, vencendo os 100m rasos.


Competindo na prova mais nobre do atletismo, Rosangela Santos voou para ser campeã com 11.19, seguida de Vitoria Rosa (11.25) e Ana Carolina Azevedo (11.44). Outra brasileira na disputa, Bruna Farias chegou perto do pódio, mas acabou em quinto lugar, com 11.60. Por conta do vento estar acima do permitido, as marcas não foram homologadas.


Já entre os homens, Paulo André manteve a rotina das vitórias e marcou 10.12 para superar em apenas um centésimo o norte-americano Ameer Webb (10.13). O brasileiro Felipe Bardi fechou o pódio, com 10.14, enquanto Luís Gabriel Silva marcou 10.56 e ficou em quinto lugar. 


Diversas outras provas de velocidade também foram disputadas no dia, com a presença em massa de brasileiros. Nos 110 metros com barreiras, Gabriel Constantino levou a melhor e venceu com 13.56. Apesar do bom tempo, a marca também não foi validada por conta do forte vento.


Nos 400m feminino, uma dobradinha verde-amarela entre Tiffani Marinho (52.33) e Tábata de Carvalho. Já Cristiane Silva ficou em quinto, com 55.54. Na versão masculina da prova, Anderson Henriques quebrou a barreira dos 46 segundos, marcando o tempo de 45.90. Alexander Russo ficou em terceiro com 46.57, Lucas Carvalho em quarto com 46.86 e João Cabral em quinto 46.94.


No 400m com barreiras, Márcio Teles marcou 50.63 para ficar em terceiro. em prova vencida pelo americano Khallifah Rosser (49.71).


Nos 200m rasos, Vitoria Rosa venceu e com direito a sua melhor marca no ano: 22.98. Seguida por ela, ficou Lorraine Martins, com 23.70. No masculino, deu Derick Silva com 20.91, marca essa não homologada devido ao vento acima do limite.


Para fechar a participação brasileira os revezamentos 4x400m venceram. O feminino teve o tempo de  3:39:01 e o masculino 3:06:95.


Foto: Divulgação/Oscar Munoz Badilla

Nenhum comentário:

Postar um comentário