Minas vence Itapetininga com tranquilidade e abre 1 a 0 na semi da Superliga - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Minas vence Itapetininga com tranquilidade e abre 1 a 0 na semi da Superliga

Compartilhe
Fiat/Minas comemorando vitória na Superliga


O Fiat/Minas deu o primeiro passo de olho na final da Superliga masculina. Mesmo diante de um Vôlei UM Itapetininga embalado após ter vencido o Sada Cruzeiro nas quartas, o Minas não teve muito trabalho para derrotá-los por 3 sets a 0 com triplo 25/21. A atuação em destaque ficou por conta do ponteiro Honorato, eleito o melhor do jogo no Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ).


O cubano Escobar foi o maior pontuador com 18 pontos, seguido de Honorato, com oito. Pela equipe de Itapetininga, o ponta Adriano - destaque do time na Superliga - se destacou com 10 pontos. O destaque negativo foi para o oposto de Itapê Renan Buiatti, que só assinalou seis pontos na partida.


Ainda nesta quarta, às 19h, o SporTV transmite a segunda semifinal da competição em duelo entre Vôlei Renata e Taubaté. O segundo jogo da melhor de 3 entre Minas e Itapetininga está marcado para o próximo sábado (10), às 19:30h. O SporTV transmite a partida.



+ Em duelo brasileiro, Civitanova, de Leal, bateu o Trentino, de Lucarelli, e avançou para a final do italiano


Times inicias 

Minas Tênis Clube: Nicolas Lazo, Henrique Honorato, Matheus "Pinta" Santos, Gustavão, William Arjona, Yadrian Escobar e Maique (L). Entraram: Gustavo Orlando e Arthur Bento Técnico: Nery Tambeiro


Vôlei UM Itapetininga: Adriano Xavier, Guilherme "Guiga" Emina, Johan Marengoni, Thales Falcão, Eduardo Carisio, Renan Buiatti e Rogerinho (L). Entraram: Guilherme Sabino, Mateus Winck, Raphael Marcarini e Felipe "Felipinho" Cundiev  Técnico: Pedro Uehara, o Peu


O jogo

Digno de partida semifinal, o equilíbrio veio rolando durante o primeiro set e só teve alguém distanciando no placar quando o Itapê começou a errar mais e ceder contra-ataques para o Minas. Escobar, sempre destaque do time, brilhou e marcou seis pontos, incluindo o último do primeiro set em ataque potente na paralela.


Cubano Escobar atacando na partida contra Itapetininga pela semifinal da Superliga masculina
Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

Após dois pontos seguidos de Adriano para o Itapetininga, foi a vez de Matheus Pinta errar um ataque pelo meio em 6x3 para o Itapê. Nos momentos decisivos, a criatividade do levantador Mago colocou Honorato na pinta para fazer 19 a 18 para o Minas em ataque pelo fundo. Era a virada do time mineiro na reta final. Ainda deu tempo para ace de Escobar antes do Guiga tocar na rede e dar números finais em novo 25x21 para o Minas.


Novamente a bola linha de passe do Minas fez a diferença, deixando o William na boa para distribuir as bolas para seus atacantes. Pelo lado da equipe do interior paulista, o oposto Renan não vinha bem e foi substituido pelo Gui Sabino, de apenas 19 anos. Não adiantou, já que o time minastenista já tinha vantagem no placar e soltou a mão no saque, com Lazo marcando ace e o vigésimo ponto do Minas (20/16). Arthur Bento, com apenas 16 anos, ainda entrou para o Minas e marcou dois pontos de bloqueio antes do Itapê errar saque e dar números finais ao duelo.


Foto em destaque: Orlando Bento/MTC

Nenhum comentário:

Postar um comentário