FIFA define potes para o sorteio dos torneios masculino e feminino de futebol em Tóquio-2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

FIFA define potes para o sorteio dos torneios masculino e feminino de futebol em Tóquio-2020

Compartilhe

*Com Wesley Felix; atualizado às 10h50


A Federação Internacional de Futebol (FIFA) anunciou nesta sexta-feira (16) os potes para o sorteio dos torneios olímpicos masculino e feminino em Tóquio-2020, que acontecerá em 21 de abril. Atual campeão entre os homens, o Brasil está no pote 1, ao lado de Japão, Argentina e Coreia do Sul. Já entre as mulheres, que buscam o ouro inédito, o país está no pote 2, junto a Grã-Bretanha e Suécia.


Enquanto a chave masculina possui 16 equipes, a feminina tem apenas 12. Assim, são quatro equipes por pote entre os homens e apenas três com as mulheres. O critério de definição dos potes no masculino foi o desempenho na últimas cinco edições olímpicas. Já no feminino, o ranking mundial, divulgado nesta sexta, foi o parâmetro para o balizamento.


Por ter participado das últimas três Olimpíadas, Honduras está no pote 2 do masculino, ao lado de MéxicoAlemanha e Espanha, enquanto a França, por exemplo, que é a atual campeã mundial, está no pote 4, ao lado de AustráliaArábia Saudita e Romênia, não tendo participado de nenhuma edição entre Sydney-2000 e a Rio-2016. O 3 tem EgitoNova ZelândiaCamarões África do Sul.


As mulheres, por sua vez, terão um torneio de certa forma "esvaziado". Entre as ausências, estão a Alemanha, atual campeã olímpica, e a França, que tem virado uma potência na modalidade. Os dois países ficaram de fora em virtude de suas precoces eliminações na Copa do Mundo de 2019. Por outro lado, equipes em ascensão, como Chile e Zâmbia, farão suas estreias em Jogos Olímpicos.


Atual campeão mundial, os Estados Unidos foram o pote 1 ao lado do país-sede, Japão, e do vice-campeão em 2019, os Países Baixos. Prata em 2004 e 2008, o Brasil foi para o pote 2, junto com Suécia e Grã-Bretanha. Já o pote 3 é composto por Canadá, Austrália e China, enquanto Nova Zelândia e as estreantes Chile e Zâmbia compõem o pote 4.


Serão quatro grupos de quatro equipes, no caso do masculino, e três grupos no feminino, também com quatro seleções. A FIFA já divulgou como será o procedimento para o sorteio, a ser realizado na próxima quarta-feira (21), em sua sede em Zurique, na Suíça, e o principal destaque é a restrição de equipes do mesmo continente em um grupo.


Isto significa dizer, por exemplo, que Brasil e Chile não poderão estar juntos na mesma chave feminina, por serem geridas pela Conmebol (confederação sul-americana). Vale lembrar que a Austrália apresenta uma peculiaridade no caso do futebol e em alguns outros esportes. Mesmo estando na Oceania, o país compete pela Ásia, não podendo estar nos grupos de Japão, China ou Coreia do Sul.


Algumas interpretações iniciais já podem ser feitas a partir das recomendações. No caso das mulheres, o Brasil deverá estar, obrigatoriamente, no grupo dos Países Baixos, já que a equipe neerlandesa não pode enfrentar Suécia e nem Grã-Bretanha, que estão no pote 2 ao lado da equipe sul-americana. Já é certo, também, que o time de Pia Sundhage não terá o Canadá e nem o Chile como adversários na primeira fase.


No caso dos homens, cada grupo deverá ter, obrigatoriamente, um europeu. Já é certo que o Brasil terá Espanha ou Alemanha como adversárias vindas do pote 2 e Austrália ou Arábia Saudita como rivais do pote 4, devido às restrições causadas pelos asiáticos Japão e Coreia do Sul no pote 1. Para o pote 3, o atual campeão olímpico não possui limitações, podendo pegar qualquer um dos quatro times.


Potes:

Masculino

Pote 1: Japão, Brasil, Argentina, Coreia do Sul
Pote 2: México, Alemanha, Honduras, Espanha
Pote 3: Egito, Nova Zelândia, Costa do Marfim, África do Sul
Pote 4: Austrália, Arábia Saudita, França, Romênia

Feminino
Pote 1: Japão, EUA, Países Baixos
Pote 2: Suécia, Grã-Bretanha, Brasil
Pote 3: Canadá, Austrália, China
Pote 4: Nova Zelândia, Chile, Zâmbia


Foto: Ricardo Nogueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário