Com reviravoltas, Corinthians vence o Pato na prorrogação e agora enfrenta o São Paulo nas quartas de final do NBB - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com reviravoltas, Corinthians vence o Pato na prorrogação e agora enfrenta o São Paulo nas quartas de final do NBB

Compartilhe

 


Depois de massacrar o Pato no primeiro jogo das oitavas de final, o Corinthians precisava vencer novamente para garantir a vaga nas quartas de final. Em um jogaço e no sufoco, a equipe paulista conseguiu o resultado na prorrogação neste sábado (24), pelo placar de 89 a 84, e irá levar o clássico contra o São Paulo dos campos de futebol para as quadras ao enfrentar o tricolor na próxima semana.


O primeiro quarto dava a entender que a partida seria a tônica do jogo 1, com o Corinthians muito eficiente no ataque tendo aproveitamento de 63% nos arremessos. Na defesa, o time dificultou as ações da equipe paranaense, que também tomava decisões precipitadas, dando oportunidades de contra-ataque aos corinthianos. Não por acaso, a primeira parcial acabou 31 a 19 aos alvinegros.


Antes do intervalo, o Timão encontrou dificuldades para fazer as cestas e cometendo erros bobos, o Pato cresceu no jogo, vencendo a segunda parcial e encostando no placar por 46 a 44, graças as três boas assistências de Matheusinho e as cestas de Thornton, Augusto e Funches III. 


Na volta do intervalo, o Pato continuou crescendo no jogo e virou a partida, chegando a abrir mais de 12 pontos de vantagem faltando dois minutos para o término do quarto, se aproveitando dos erros do Corinthians no ataque e na defesa, tendo Matheusinho como grande destaque no período com nove pontos e quatro assistências. Mas o time do Parque São Jorge conseguiu diminuir o placar para 69 a 60.


Ter experiência no NBB faz a diferença. O Corinthians conseguiu reagir na partida comandado pelo trio Fuller, Fischer e Miller que cresceram no jogo e fizeram 21 dos 23 pontos do time no período. O Pato foi ficando nervoso e não conseguiu matar a partida para forçar o jogo 3, passando a administrar o resultado. A equipe paulista voltou a empatar com Fuller a nove segundos do fim, levando para a prorrogação por 81 a 81.



 Com a prorrogação à vista, o Corinthians voltou melhor, mas forçando muitas jogadas e errando junto com o Pato em lances bobos. Com o alvinegro trabalhando melhor a bola, abriu quatro pontos de vantagem faltando pouco mais de dois minutos e meio para o término. A equipe paranaense conseguiu baixar a diferença para um ponto com lances livres. 


Restando poucos segundos do final da partida, o Pato cometeu duas faltas para lances livres para tentar empatar, mas o Corinthians teve 100% de aproveitamento, matando as chances do adversário no jogo e eliminando o time do NBB.



Foto: Orlando Bento/LNB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário