Bia Haddad e Carol Meligeni avançam em Córdoba; Puccinelli, Mateus Alves e Pedro Boscardin seguem em M15s - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Bia Haddad e Carol Meligeni avançam em Córdoba; Puccinelli, Mateus Alves e Pedro Boscardin seguem em M15s

Compartilhe


Três dias depois de conquistar seu primeiro título na temporada, Beatriz Haddad Maia retornou às quadras de saibro argentinas nesta quarta-feira (07), agora em Córdoba, para a disputa de um novo torneio W25. Assim como suas compatriotas Carol Meligeni e Gabriela Cé, ela venceu e avançou às oitavas de final. Na mesma cidade, mas no M15, apenas Matheus Pucinelli segue vivo. Já em Monastir, na Tunísia, Pedro Boscardin e Mateus Alves lutam pelas quartas.


Buscando manter sua arrancada no ranking da WTA, Bia, que já deve aparecer no top-300 na próxima atualização, venceu a mexicana Ana Sofia Sanchez (304ª) em sua estreia em Córdoba. A paulistana encontrou relativa dificuldade, mas fechou a partida em 2 sets a 0, com parciais de 6-2 e 6-4, após 1h42m. Nas oitavas de final, ela enfrentará a espanhola Yvonne Cavalle-Reimers, 432ª do mundo.


Quem também avançou nesta quarta-feira foi Carolina Meligeni Alves (344ª), que passou pela argentina Luciana Moyano com duplo 6-2. Na próxima fase, ela enfrentará a paraguaia Veronica Cepede Royg (183ª), atleta mais bem ranqueada do torneio. 


Com as vitórias, Bia e Carol se juntam a Gabriela Cé (255ª), tenista número 1 do Brasil, que já havia vencido no dia anterior. Ela terá a qualifier espanhola Maria Gutierrez Carrasco (522ª) pela frente. Todos os duelos acontecerão nesta quinta-feira.


O Brasil ainda poderia ter uma quarta representante nas oitavas de final do torneio, não fosse a derrota de Laura Pigossi (329ª) nesta quarta. Depois de protagonizar o duelo mais disputado do dia com a russa Amina Anshba (335ª), ela perdeu por 2 sets a 1, com parciais de 7-5, 3-6 e 7-5, após quase cinco horas de partida.



Apesar da derrota no torneio de simples, Pigossi segue no W25 de Córdoba na disputa de duplas. Ao lado de Ingrid Gamarra Martins, a parceria está nas quartas de final, onde enfrentará as argentinas Victoria Bosio/Maria Lourdes Carle amanhã. A brasileira Rebeca Pereira também está na briga nas duplas. Ela e a chilena Barbara Gatica enfrentarão a francesa Carole Monnet e a búlgara Ani Vangelova.


Ainda em Córdoba, mas tratando-se das disputas masculinas, Matheus Pucinelli (578º) é o único brasileiro ainda vivo na disputa de simples do M15 local. Ele está nas oitavas, onde enfrenta o anfitrião Franco Emanuel Egea (825º) nesta quinta. João Lucas Reis (566º) foi eliminado pelo italiano Luciano Darderi (953º), enquanto Paulo André Saraiva (sem ranking) caiu diante do também argentino Lucio Carnevalle (sem ranking) na estreia da chave principal, após passar pelo quali. 


Pela chave de duplas, Pucinelli e João Lucas foram eliminados nesta quarta, na primeira rodada, pelos argentinos Gabriel Alejandro Villanueva/Gonzalo Villanueva, perdendo por 2 sets a 0 (6-3, 6-4). Eles eram os cabeças 3 do torneio. O detalhe é que sete das oito parcerias garantidas nas quartas de final são compostas por dois argentinos, enquanto a outra tem um argentino e um italiano.


Cruzando o Oceano Atlântico, desembarcamos na Tunísia, onde está ocorrendo um novo M15 em Monastir. Por lá, Pedro Boscardin Dias e Mateus Alves se classificaram para as oitavas do torneio individual após passarem por compatriotas. Pedro já havia vencido Natan Alves no dia anterior, enquanto Mateus (516º) bateu Igor Marcondes (755º) em 6-3, 7-5 nesta quarta.


Na próxima fase, Boscardin enfrentará o francês Antoine Escoffier (392º), tenista mais bem ranqueado do torneio. Já Alves, que é o cabeça de chave número 5, terá o alemão Christoph Negritu pela frente. Mateus ainda está garantido nas quartas de final do torneio de duplas, ao lado de Igor Marcondes. Eles farão um duelo com o suíço Mirko Martinez e o tunisiano Aziz Ouakaa por um lugar nas semifinais.


Foto de capa: Divulgação/Blooming Cup

Nenhum comentário:

Postar um comentário