Alison e Álvaro Filho levam jogo para o tie-break, mas perdem para "supernoruegueses" e disputarão o bronze em Cancún - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Alison e Álvaro Filho levam jogo para o tie-break, mas perdem para "supernoruegueses" e disputarão o bronze em Cancún

Compartilhe


Alison e Álvaro Filho disputarão o bronze da segunda etapa de Cancún do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Neste domingo (25), depois de um início ruim, os brasileiros reagiram, levaram o jogo para o tie-break, mas não conseguiram vencer os noruegueses Anders Mol e Christian Sorum, líderes do ranking mundial e considerados por muitos a melhor dupla do mundo. O placar foi de 2 sets a 1, com parciais de 8-21, 21-18 e 15-12.

O primeiro set foi de domínio total dos noruegueses. Com muita dificuldade na virada de bola, os atletas brasileiros não conseguiam encostar no placar. Enquanto isso, Anders Mol trancou a rede e foi intransponível no bloqueio. Sem maiores problemas, os vikings fecharam a parcial em 21-8.

O controle do jogo dos noruegueses seguiu no início do segundo set. Os europeus chegaram a abrir 4 a 0. Porém, ao contrário da primeira parcial, os brasileiros mostraram poder de reação e igualaram o placar em 7 a 7. Mol/Sorum responderam e voltaram a conquistar uma boa vantagem em 12 a 8, mas Alison e Álvaro reagiram e novamente empataram a parcial.

A partir daí, Alison cresceu no ataque, enquanto Álvaro Filho fez boas defesas no fundo de quadra. Com a melhora na parceria do Brasil, os noruegueses começaram a errar no ataque. Mais confiantes, os brasileiros assumiram o controle e fecharam o segundo set em largadinha de Alison: 21 a 18.

Ao contrário dos dois outros sets, o tie-break foi muito equilibrado, com as equipes trocando pontos até o fim da parcial. Em bloqueio de Alison, o Brasil chegou a passar a frente em 12-11. No entanto, os noruegueses mostraram seu volume de jogo, viraram no placar e fecharam o set em 15-12.

Agora, Alison e Álvaro Filho aguardam o jogo entre Cherif/Ahmed (Catar) e Rossi/Carambula (Itália). A dupla derrotada enfrentará os brasileiros na disputa de terceiro lugar nesta segunda-feira, a partir das 14h no horário de Brasília.

Já na chave feminina, Ágatha e Duda disputam ainda neste domingo uma vaga na decisão. As brasileiras enfrentam a dupla neerlandesa Keizer/Meppelink a partir das 22h. Caso avancem, a final será disputada às 18h.

Foto: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário