África do Sul vai sem Wayde Van Niekerk para o Mundial de Revezamentos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

África do Sul vai sem Wayde Van Niekerk para o Mundial de Revezamentos

Compartilhe



O multi-recordista Wayde van Niekerk não vai para o Mundial de Revezamentos, mas pelo menos Akani Simbine vai liderar a equipe da África do Sul na competição, que será disputado no próximo fim de semana na Polônia.

O técnico de revezamento Paul Gorries disse à Independent Media na tarde de quinta-feira que Van Niekerk, campeão olímpico dos 400m rasos, se retirou da equipe devido à sua viagem iminente aos Estados Unidos, o que impediria devido as regras de quarentena dos Estados Unidos de estar disputando o Mundial.

Há várias semanas, Van Niekerk aguarda a aprovação das autoridades americanas para viajar para a Flórida (devido a pandemia, Niekerk está com dificuldades de ingressar nos Estados Unidos). Ele se juntará ao grupo de treinamento de seu novo técnico Lance Brauman, que inclui o campeão mundial dos 200 metros Noah Lyles.

Entende-se que o detentor do recorde mundial de 400 metros pode até partir para os EUA já neste fim de semana.

"Por mais que quiséssemos que Wayde fizesse parte da equipe, sabíamos que seria difícil sua presença, já que ele pediu permissão há muito tempo para viajar aos Estados Unidos. Se a aprovação tivesse sido dada antes, ele já estaria lá. Ele não será substituído na equipe (para o revezamento 4x400m)", disse Gorries.

Isso deixa o campeão dos 400m SA Zakithi Nene e a campeã júnior africana Lythe Pillay para assumir a liderança pela equipe 4x400m, mas Gorries acredita que eles ainda podem atingir seu objetivo de se classificar para as Olimpíadas de Tóquio, chegando à final na Polônia.

“Wayde não faz parte da nossa equipe há algum tempo, então construímos um bom entrosamento no time 4x400m. Estou confiante que os caras podem terminar entre os oito primeiros para garantir a qualificação automática para Tóquio ”, disse ele.

Mas é o revezamento 4x100m que vai atrair toda a atenção na Polônia e é aí que a Team SA tem um um grande estrela que é Simbine. O velocista de 27 anos registrou excelentes 9.82 no campeonato nacional em Pretória na semana passada, embora o tempo não tenha sido reconhecido para a lista mundial devido a um vento acima do permitido para validação da marca.

Foto: Divulgação/ Olympic Channel
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário