Revelação no futebol de 5, Lucas tem ídolo Ricardinho como colega e já integra Seleção Brasileira principal - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Revelação no futebol de 5, Lucas tem ídolo Ricardinho como colega e já integra Seleção Brasileira principal

Compartilhe



Entre os atletas que participam da Seleção Brasileira de futebol de 5 atualmente, há um jovem que ainda não vestiu a camisa da equipe principal em uma competição oficial. O paraibano Lucas Caetano, de 19 anos, treinava com o time nacional sub-23 quando foi convocado para treinar com a equipe tetracampeã paralímpica pela primeira vez.

O jovem atleta tem treinado com a Seleção de futebol de 5 em 2021. E, entre seus colegas de time, o então ídolo Ricardinho, tricampeão paralímpico, foi um dos jogadores que acabou tornando-se mais próximo de Lucas fora do campo.

“Eu nem acreditei quando fui convocado. A ficha demorou a cair ainda mais em um ano de Jogos Paralímpicos. É um momento de aprendizado estar com caras multicampeões, cheios de títulos paralímpicos e mundiais, uma bagagem muito grande e eles me ajudam em tudo que podem”, relatou Lucas.

Lucas afirma ainda se sentir uma pessoa privilegiada ao ter como colega de equipe um atleta que foi eleito o melhor jogador do mundo da modalidade três vezes. E o novato já tem recebido as primeiras orientações do ídolo.

“Pelo que eu percebi, Lucas é um rapaz bem centrado e que quer consolidar uma carreira no futebol de 5. A gente tem conversado bastante e, nessa troca de experiências, eu tento passar para ele algumas coisas que aprendi ao longo dos meus mais de 15 anos de Seleção. Ninguém nasce sabendo e, quando eu cheguei aqui, tive pessoas que me ensinaram e a vida também ensina. Se ele souber escutar o que eu e outros atletas mais experientes passamos para ele, vai trilhar alguns caminhos com mais facilidade. Mas tudo depende do esforço dele. Se ele está aqui treinando com a Seleção principal, é mérito dele”, disse o ala gaúcho de 32 anos.

Natural de Sousa, na Paraíba, Lucas perdeu a visão devido a um glaucoma congênito. Quem apresentou o futebol de 5 para ele foi seu pai, que também é cego, Luciano Caetano. Desde os 14 anos, o paraibano compete pela modalidade. Em 2017, foi campeão com a Seleção juvenil dos Jogos Parapan-Americanos de Jovens, que foram realizados no CT Paralímpico, em São Paulo. No ano seguinte, passou a treinar com a Seleção Brasileira sub-23

“Estou muito feliz por estar treinando com a equipe principal em preparação para mais um Jogos Paralímpicos. O Fábio [técnico da Seleção de futebol de 5] valoriza a renovação da equipe. Notei a grande qualidade técnica, força e velocidade dos jogadores. Antes eu falava com o Ricardo e não tinha perspectiva nenhuma e hoje estou aqui com ele no mesmo time. Quero ajudar o máximo possível a nossa Seleção”, completou Lucas.

A Seleção de futebol de 5 tem vaga garantida nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, que ocorrerão em agosto de 2021. A equipe garantiu sua participação no Japão ao ser campeã do Mundial de Madri, em junho de 2018.

Foto: Alê Cabral/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário