Qualifying define participantes da fase de grupos do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia masculino - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Qualifying define participantes da fase de grupos do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia masculino

Compartilhe




A bola subiu na segunda-feira (22) para a oitava etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 2020/2021. Foram 20 jogos pelo torneio qualifying que classificaram nove duplas para a fase principal do evento que acontece mais uma vez no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Novamente, o calor foi um adversário em comum a todas as duplas na disputa.

As parcerias classificadas foram Felipe Cavazin/Luciano (PR/ES), Mateus Dultra/Gabriel Zuliani (CE/PR), Gabriel Santiago/Johann (DF/RJ), Gustavo Moura/Patrick Colombo (CE/PR), Álvaro Andrade/Rafael Andrew (SE/PB), Lipe/Anderson Melo (CE/RJ), Felipe/Jéfferson (DF/CE) e Léo Gomes/Gabriel Gouveia (RJ).

Estas duplas agora estarão juntas àquelas já garantidas pelo melhor ranking na disputa pelo pódio, que são André/George (ES/PB), Alison/Álvaro Filho (ES/PB), Arthur Mariano/Adrielson (MS/PR)*, Maia/Vinícius Cardozo (RJ), Vitor Felipe/Vinícius Freitas (PB/ES), Oscar/Thiago (RJ/SC), Pedro Solberg/Arthur Lanci (RJ/PR), Saymon/Fábio (MS/CE), Marcus/Jô (RJ/PB), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Allison Francioni/Matheuszinho (SC/SE), Hevaldo/Adelmo (CE/BA), Bruno de Paula/Léo Vieira (AM/DF), Harley/Averaldo (DF/TO) e Fernandão/Rafa (ES/PR).

Nesta terça-feira (23), todas as equipes jogarão duas vezes dentro do grupo. As duas melhores equipes em cada grupo, mais as quatro melhores terceiras avançam para as oitavas de final que acontecem no mesmo dia. Na quarta-feira (24.03), o dia começa com as quartas de final, e termina com as semifinais. As decisões por medalhas serão realizadas na manhã da quinta-feira (25).

Os primeiros classificados nesta segunda-feira foram Felipe Cavazin e Luciano (PR/ES). A dupla de experientes jogadores foi formada há pouco tempo e está no segundo evento da temporada juntos. Para garantirem a vaga no torneio principal eles venceram Tiago Castilhos/Gustavo (SP) por 2 sets a 1 (22/24, 21/18 e 15/13). Após o jogo, Luciano analisou os adversários e elogiou o novo parceiro.

“Eles são uma dupla que joga junto há muitos anos, estão acostumados e entrosados. Enquanto este é o nosso segundo torneio como um time. A gente já sabia que seria um desafio, mas no final deu tudo certo. A gente montou esse time com a expectativa muito boa. O Felipe é um jogador completo: saca, defende, vira bola. E eu estou aqui tentando ajudar. Então estou muito feliz com o time. É um cara que traz uma energia muito boa para dentro da quadra, não abaixa a cabeça, tem coragem para ir para cima. E a expectativa é sempre caminhar cada vez mais”, disse Luciano.

Pela segunda vez consecutiva, Gustavo Moura e Patrick Colombo (CE/PR) conseguem juntos passar do qualifying. Nesta segunda-feira, eles precisaram de duas vitórias para alcançarem a façanha. No primeiro jogo venceram Patrick/Coxinha (PR/SC) por 2 sets a 0 (21/15 e 21/17). A classificação veio com o triunfo sobre Pedro Resende/Luccas Amorim (PB/DF) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/18). Patrick Colombo comentou sobre os desafios de treinar em meio à pandemia, e prometeu um desempenho ainda melhor na chave principal.

“Estou muito grato pelo que a gente apresentou aqui. Passamos por muita dificuldade para treinar para esta etapa por conta das medidas restritivas. A gente entende, por todo momento que a gente está vivendo. Foi muito difícil. Eu tive que sair de Maringá para ir para Fortaleza para poder treinar e se preparar para cá. Foi uma aventura grande. A gente conseguiu impor tudo que a gente treinou lá, com muita confiança. A gente conseguiu mostrar que o trabalho faz realmente a diferença. A expectativa é ser melhor que a etapa passada. Era a primeira vez do Gustavo jogando na chave principal, ele ficou um pouco nervoso no começo. É normal. Agora espero que a gente possa responder melhor, a gente tem que estar sempre 100%. A gente vai entrar para conquistar tudo que for possível com toda garra e força que mostrou hoje”, contou Patrick.

A dupla Álvaro Andrade e Rafael Andrew (SE/PB) voltou a conquistar um lugar entre os melhores do ranking após dois torneios sem passar do qualifying. Eles começaram o dia vencendo Oldair/Maurício (MG) por 2 sets a 0 21/13 e 21/15), e, mas tarde, passaram por Igor Borges e Ferramenta (RJ) por 2 sets a 0 (21/17 e 21/8). O jovem Rafael Andrew, de 21 anos, destacou o foco da dupla para retomar o caminho das vitórias.

“A gente sempre estava treinando muito forte, treinando bem, e mesmo assim nessas últimas duas etapas a gente não conseguiu passar. Estava faltando alguma coisa e acho que a gente encontrou nesta etapa. Viemos muito focados em nossos objetivos. Queríamos muito passar para a chave principal de novo, e finalmente conseguimos. Amanhã a gente espera fazer bons jogos. Vamos para cima, e ver o que dá para fazer. Vamos pegar algum cabeça de chave lá de cima e tenho certeza de que vai ser um jogo muito duro, mas estamos preparados para o que vier”, explicou Rafael Andrew.

Felipe e Jéfferson (DF/CE) repetiram a dose da etapa passada, quando avançaram pela primeira vez à fase seguinte. Na estreia, a dupla levou a melhor sobre Luccas Lima/Luizão (SP/AM) por 2 sets a 1 (21/15, 21/23 e 15/7). No final do dia os dois superaram Nico/Samuel (SC) por 2 sets a 0 (21/19 e 21/15) para assegurarem a vaga. Felipe celebrou a conquista e dedicou à comissão técnica.

“Já são seis etapas com a gente jogando junto, e só passamos em uma etapa. Essa é outra conquista. É uma conquista que não é só a nossa alegria, é de toda equipe, é um conjunto. Acho que o bom disso tudo é saber que a vitória não é só nossa e às vezes a gente transmite mais felicidade para eles do que para a gente mesmo na quadra. Para a gente é prazeroso jogar, é isso aqui que a gente quer para a vida, mas transmitir felicidade também é muito bom. Agora é esfriar a cabeça, saber qual vai ser o cruzamento e bola para frente. Fazer o melhor resultado a cada jogo, pensar jogo por jogo. Agora a brincadeira começou de verdade”, comentou Felipe.

Mateus Dultra/Gabriel Zuliani classificou com o triunfo sobre Moisés/Gilmário (BA/PB) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/18). Gabriel Santiago/Johann (RJ) passou por Nilton/Luan (TO/RN) por 2 sets a 0 (21/18 e 24/22). Lipe/Anderson Melo (CE/RJ) superou Miguel/Jean (MS) por 2 sets a 1 (21/14, 28/30 e 15/11), e garantiu a vaga na próxima fase. Completa a lista de classificados a dupla Léo Gomes e Gabriel Gouveia (RJ) que derrotou Mateus Manaus e Negugu (AM/RJ) por 2 sets a 1 (21/16, 18/21 e 15/13).

Foto: Wander Roberto/INOVAFOTO/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário