Prata no Rio 2016, canoísta alemã desiste de Tóquio por efeitos prolongados da COVID-19 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Prata no Rio 2016, canoísta alemã desiste de Tóquio por efeitos prolongados da COVID-19

Compartilhe

A canoísta Steffi Kriegerstein (GER) anunciou nas redes sociais na terça-feira (30) que não irá disputar os Jogos Olímpicos em Tóquio por causa de efeitos da COVID-19.

Kriegerstein, de 28 anos, foi prata no K4-500m da canoagem sprint no Rio 2016 e também no Mundial de 2017, além de bronze no K2-500m no Mundial de 2018.

A alemã contraiu o vírus em dezembro de 2020 e três meses depois, ainda sente o efeito da doença. 

Em entrevista ao BILD, a canoísta disse que: 'Quando comecei a treinar novamente, novos sintomas apareciam. Cansei de lutar com eles por três meses."

Ainda na terça-feira ela desistiu de disputar a seletiva do país para disputar os Jogos de Tóquio dizendo que no momento, quer apenas ficar saudável novamente.

Return to sport? Leider nicht für mich. Seit meiner Corona Erkrankung im Dezember quält sich mein Körper mit immer neuen...

Publicado por Steffi Kriegerstein-Athlete em Terça-feira, 30 de março de 2021

Após ficar curada e tentar voltar aos treinos, e durante o camping de treinamento na Turquia, em fevereiro, ela não conseguiu treinar. Quando tentava fazer um treino, segundo a atleta, o pulso subia para 140 bps e se sentia cansada. Além disso, também sentia dores de cabeça persistentes e queimação nos pulmões.

Mesmo no dia a dia, Kriegerstei tinha problemas em subir escadas para a chegar ao seu apartamento. Se precisar dar um pique, ela precisa parar para pegar folego.

Apesar dos problemas, a alemã ainda não pensa em se aposentar, e sim em ficar saudável para poder competir novamente. Até lá, dar uma pausa após 12 anos de dedicação ao esporte para se focar nos estudos.

Foto: dpa

Nenhum comentário:

Postar um comentário