Judoca Eduardo Barbosa testa positivo para Covid-19 e está fora de Grand Slam de Tbilisi - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Judoca Eduardo Barbosa testa positivo para Covid-19 e está fora de Grand Slam de Tbilisi

Compartilhe

O judô brasileiro terá dois desfalques de última hora no Grand Slam de Tbilisi (GEO). O peso leve Eduardo Barbosa testou positivo para Covid-19 nesta sexta-feira (26), um dia antes de sua competição, e foi forçado a se retirar. Eduardo Yudy, que era companheiro de quarto de Barbosa, testou negativo mas foi afastado preventivamente e também não disputará o torneio.


Os dois entrariam no tatame neste sábado (27), segundo dia de disputas da competição. Agora, o Brasil será representado somente no feminino, com Aléxia Castilhos (63kg), Ketleyn Quadros (63kg), Maria Portela (70kg), Ellen Santana (70kg)


Em nota publicada em seu site oficial, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) confirmou o ocorrido e informou que os dois atletas estão assintomáticos e cumprindo os protocolos de isolamento sob os cuidados da Comissão Médica da entidade que acompanha a delegação na Geórgia: 


"A Confederação Brasileira de Judô informa que o peso Leve brasileiro Eduardo Katsuhiro Barbosa (73kg) apresentou, nesta sexta-feira, 26, resultado positivo para COVID-19 e não lutará o Grand Slam de Tbilisi neste sábado, 27. Por precaução, o peso Meio-Médio Eduardo Yudy Santos (81kg), que dividiu quarto com Barbosa, também foi retirado da disputa, apesar de apresentar resultado negativo no teste para COVID-19 realizado pela organização do Grand Slam na quinta-feira, 25", diz a nota.


Este é apenas mais um de alguns casos envolvendo infecções por coronavírus nessa competição. A seleção francesa desistiu após ter tido três judocas infectados, assim como a Alemanha. No primeiro dia de competições, o melhor resultado do Brasil foi de Larissa Pimenta, que terminou na quinta colocação em sua categoria.


 Foto: IJF/Fawaz Alenezi

Nenhum comentário:

Postar um comentário