Fofão e Paulão são os novos coordenadores técnicos das seleções de Vôlei do Brasil - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Fofão e Paulão são os novos coordenadores técnicos das seleções de Vôlei do Brasil

Compartilhe



Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) anunciou na sexta-feira (14) a chegada dos medalhistas olímpicos, Fofão e Paulão, para os novos cargos de coordenador técnico das seleções brasileiras feminina e masculina de vôlei, respectivamente. O projeto já vinha sendo desenvolvido pela unidade de seleções e recebeu todo o apoio da CEO, Adriana Behar, em sua chegada. Fofão e Paulão serão oficializados na próxima segunda (15.03), quando já darão início ao trabalho.

A ideia da entidade ao inserir esta função é colocar estes dois ícones da modalidade como verdadeiros elos entre as seleções, de base e adultas, especificamente na parte técnica. Segundo a gerente de seleções da CBV, Julia Silva, Fofão e Paulão terão um papel extremamente importante.

“Essa é uma função totalmente técnica e já há algum tempo enxergamos a necessidade de termos essa figura de alinhamento entre as seleções. Queremos que eles centralizem toda a qualquer questão técnica das seleções, seja através de observação de atletas em campeonatos, criação de mecanismo de avaliação, planejamento, entre outras funções. Isso tudo vai acontecer ao longo do ano, com uma proximidade grande com os clubes, e não apenas na temporada de seleções”, explicou Julia Silva.

A gerente de seleções fez questão de dar as boas-vindas aos super campeões. “Estamos muito felizes de tê-los conosco. São ex-atletas que, além de terem conquistado medalhas e serem referências, são pessoas que buscaram se capacitar. Entendemos que eles vão agregar muito no trabalho com as nossas seleções”, complementou Julia.

Campeã olímpica em Pequim/08 e medalhista de bronze em Atlanta/96 e Sydney/2000, Fofão está entusiasmada. “Primeiro, foi uma surpresa, mas, depois, me encaixei em tudo que foi falado sobre este cargo. Aceitei e é mais um desafio na minha vida. Fiquei muito feliz, pois é algo que me vi fazendo. É, com certeza, uma função de muita responsabilidade, mas penso em contribuir. Acho que poder ajudar de alguma forma é o mais importante. Estou muito animada”, afirmou Fofão.

O também campeão olímpico, Paulão, medalha de ouro em Barcelona/92, recebeu o convite com a mesma alegria. “Fiquei muito feliz. Voltar para o voleibol é sempre uma alegria muito grande. Entra o amor, a paixão pelo vôlei, e passar esses valores é importante para fortalecer sempre. Fico muito feliz de fazer parte dessa equipe. Não esperava pelo convite e tudo se encaixou depois da ligação da Adriana, de quem eu sou muito fã. Tenho certeza de que podemos montar um belíssimo trabalho”, concluiu Paulão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário