Equipe brasileira de sabre está na Hungria para a disputa da Copa do Mundo de Esgrima - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Equipe brasileira de sabre está na Hungria para a disputa da Copa do Mundo de Esgrima

Compartilhe




A equipe brasileira de esgrima seguiu na segunda-feira (8) para Budapeste, na Hungria, onde inicia, na próxima quarta-feira, a disputa da Copa do Mundo de Sabre, primeira competição internacional de esgrima da temporada 2021. Será o fim de uma paralisação de um ano no calendário da modalidade, por causa da pandemia de Covid-19.

O país terá um grupo de jovens talentos neste torneio. Além de Bruno Pekelman e Karina Trois, ambos com possibilidade de conseguir a vaga nos Jogos do Tóquio através do Pré-Olímpico (em abril, no Panamá), fazem parte do grupo Luana Pekelman, Pietra Chierighini, Henrique Garrigós, Enrico Pezzi e Matheus Becker. Os técnicos serão Alkhas Lakerbai e Régis Trois.

Mais do que apenas os resultados, é o momento de renovar a equipe e dar oportunidade aos jovens atletas de poderem ganhar rodagem e experiência. E pensar em mais resultados para o futuro.

“Vamos jogar a prova por equipes, com uma equipe totalmente nova. Eu, Matheus Becker, Henrique Garrigos e Enrico Pezzi estaremos em nossa primeira competição juntos, e vejo muito potencial para que possamos mostrar a força do sabre brasileiro. Na minha opinião, não estamos indo em busca de resultados imediatos. Estamos em busca do crescimento e desenvolvimento da nossa equipe para que possamos chegar ao nível dos melhores países. Esse processo exige tempo e dedicação”, explica Bruno Pekelman, consciente de seu papel neste momento.

Apesar de já estar buscando vaga na Olimpíada, Bruno também é muito jovem. Com apenas 20 anos, sabe que a responsabilidade é grande e que ainda precisa evoluir muito para brigar por conquistas maiores.

“Mesmo sendo primeiro do ranking nacional, sou novo nas Copas do Mundo adultas. Ainda não sei o que esperar em termos de resultados, mas espero dar o melhor de mim para poder representar o sabre brasileiro lá fora”, explica o atleta.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário