Em prova com polêmica e desclassificação, Emil Iversen é campeão dos 50km masculino do Esqui Cross Country do Mundial de Esqui Nórdico - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Em prova com polêmica e desclassificação, Emil Iversen é campeão dos 50km masculino do Esqui Cross Country do Mundial de Esqui Nórdico

Compartilhe


Uma prova que esquentou no final, com direito a desqualificação e vitória para Emil Iversen (NOR) nos 50km masculino no Esqui Cross Country do Mundial de Esqui Nórdico, encerrado neste domingo (7) em Oberstdorf (NOR).


Por boa parte das oito voltas no circuito alemão, o pelotão andou praticamente junto. Apenas no começo da sétima que seis atletas despontaram. Iversen, Alexander Bolshunov (RSF), Johannes Klaebo (NOR), Hans Holund (NOR), Ilvo Niskanen (FIN) e Jens Burman (SWE). 


Andrew Musgrave (GBR) e Simem Kruger (NOR), que tinham ficado para trás conseguiram tirar a diferença e se juntar ao grupo principal. Musgrave não conseguiu acompanhar e o norueguês ficou na cola do grupo.


Mas toda a polêmica da prova começou a partir de antes da última subida. Bolshunov havia assumido a ponta, mas Klaebo e Iversen sobrem juntos, com o primeiro ultrapassando antes da subida. O representante da federação russa devolve a ultrapassagem e nos metros finais, Klaebo assume novamente a ponta e na manobra, os dois se tocam, com Bolshunov quebrando o bastão, com o norueguês cruzando a linha de chegada em primeiro. 


SURTE+ Therese Johaug engole a oposição e ganha a prova de 30km no Esqui Cross Country do Mundial de Esqui Nórdico


No meio de todo esse acontecimento, Iversen também passa Bolshunov para terminar em segundo e o russo fica em terceiro. Entretanto, a Federação Russa entra com protesto contra Klaebo pela manobra e ele é aceito, com a desqualificação do norueguês, confirmada após a recusa do protesto da Noruega.


Assim, Iversen ganha o seu quarto ouro em mundiais, sendo o primeiro individual. Bolshunov é prata e Kruger o bronze.


Noruega dominadora no quadro de medalhas


O Mundial mostrou mais uma vez o domínio da Noruega. O país escandinavo faturou 31 das 72 medalhas em jogo, sendo 13 ouros, 11 pratas e 7 bronzes. 10 dos ouros vieram do Esqui Cross Country, sendo 4 de Therese Johaug (NOR).


Em 42 edições de mundiais realizadas, a Noruega soma 398 medalhas, sendo 159 de ouro. A mais próxima é a Finlândia, com 63 ouros e 204 medalhas no total.


A Áustria surpreendeu e ficou com o segundo lugar, com quatro ouros, uma prata e dois bronzes. Destaque para Johannes Lamparter (AUT) com dois ouros no Combinado Nórdico.


Suécia (2 ouros, 2 pratas e 3 bronzes), Alemanha (2 ouros, 2 pratas e 2 bronzes) e a Federação Russa de Esqui (1 ouro, 3 pratas e 1 bronze) completaram o top 5.


Foto: Reprodução Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário