Duplas do Brasil ganham bronze no Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Duplas do Brasil ganham bronze no Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia

Compartilhe

O Brasil conquistou na segunda-feira (29) o título feminino da edição 2020 do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia, em Santiago (CHI). Nas finais, que encerraram a temporada da competição iniciada no ano passado, Andressa e Vitória (PB/RJ) ganharam a medalha de bronze na arena montada no Parque Peñalolen, na capital chilena, e garantiram o troféu para o país. No masculino, Oscar/Thiago (RJ/SC) também ficou com o terceiro lugar, mas a taça da temporada foi para a Argentina.

Em razão da pandemia da COVID-19 a temporada 2020 teve apenas duas etapas além da disputa em Santiago. O Brasil havia conquistado o ouro no torneio feminino nas duas primeiras paradas, e o terceiro lugar no Finals (que tinha a pontuação valendo o dobro em relação às etapas normais) deixou as brasileiras na frente da Argentina, que ficou com a medalha de prata nesta segunda-feira.

Andressa e Vitória ganharam o bronze no tie-break. As brasileiras derrotaram a dupla colombiana Diana/Yuli por 2 sets a 1 (21/13, 15/21 e 15/7). Nas semifinais elas já haviam feito jogo duríssimo contra as chilenas Fran Rivas e Chris, mas as anfitriãs levaram a melhor (13/21, 22/20 e 15/13).

“A gente ficou muito triste por não ter conseguido a vaga na final, mas o esporte é isso: um dia a gente ganha, no outro dia a gente perde. A gente conseguiu colocar a cabeça no lugar no tie-break, jogar nosso melhor voleibol e sair com a vitória que é o que importa para a gente. Sempre é muito bom ganhar uma medalha. Não foi o que a gente desejou, com certeza a gente desejava o ouro, mas é bola para frente. Essa conquista foi muito importante também”, afirmou Vitória.

No torneio masculino, o terceiro lugar também veio contra a Colômbia. Oscar e Thiago superaram Denis/Rivas por 2 sets a 0, parciais de 24/22 e 21/14, para chegarem ao pódio. Na semifinal, os brasileiros haviam parado nos chilenos Esteban Grimalt/Marco Grimalt (21/12 e 25/23).

“O bronze é muito bom porque jogamos a semifinal com uma das melhores equipes do mundo. Eles jogaram muito bem e isso (perder a semifinal) não é demérito para nenhuma pessoa. Poderíamos vencer ou perder, isso é do jogo. Foi uma partida equilibrada. E agora o bronze era a melhor colocação que podíamos conseguir, e buscamos essa colocação”, disse Thiago.

O torneio Finals foi realizado sem público presente e seguindo protocolos sanitários. A competição contou com uma dupla em cada naipe de nove países sul-americanos, que foram divididos em três grupos com três participantes cada. Argentina, Brazil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Venezuela e Uruguai participaram da competição.

Temporada 2021 já começa nesta terça-feira

O vôlei de praia seguirá agitando Santiago. A partir desta terça-feira (30.03), já começa a temporada 2021 do Circuito Sul-Americano, e a capital chilena recebe a primeira etapa. Desta vez, o Brasil será representado por George/André (PB/ES) no torneio masculino e Elize Maia/Thâmela (ES) no feminino.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário