Com clubes não liberando jogadores e Colômbia vetando voos do Brasil, Conmebol pode adiar rodada das Eliminatórias da Copa de 2022 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com clubes não liberando jogadores e Colômbia vetando voos do Brasil, Conmebol pode adiar rodada das Eliminatórias da Copa de 2022

Compartilhe


O auge da pandemia de Covid-19 no Brasil pode trazer mais adiamentos de competições esportivas. Após declarações do Ministro da Saúde da Colômbia, país em que o Brasil enfrentará no próximo dia 26, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo FIFA de 2022, afirmando que é improvável qualquer exceção à entrada dos brasileiros para o jogo, a CONMEBOL (Confederação Sul-Americana de Futebol) está cogitando o adiamento de toda a rodada da competição.


Em entrevista à rádio colombiana Caracol, Fernando Goméz afirmou que seria muito difícil a Colômbia autorizar a abertura de qualquer voo vindo do Brasil. "Não teria como justificar a abertura de um voo fretado frente a outras populações que também tem situações até humanitárias em relação ao Brasil. A epidemiologia não permite isso", disse.


Esta não seria a primeira vez que uma equipe brasileira teria sua entrada vetada em território colombiano. A seleção masculina de basquete foi proibida de viajar a Cali para jogar as eliminatórias da AmeriCup, e perdeu por W.O as partidas contra Panamá e Paraguai nos dias 21 e 22 de fevereiro. Por sorte, como já estava classificado para a competição continental, a equipe não foi prejudicada.


Além do problema político, a Conmebol também tem que lidar com um ainda maior: a FIFA (federação internacional) não tem conseguido liberações dos jogadores para as datas. Equipes como Manchester City e Liverpool já indicaram que não abrirão mão de seus atletas. A Conmebol fará uma reunião com a entidade máxima do futebol no sábado (06) e deverá anunciar sua decisão no mesmo dia.


Já a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não divulgou a lista de convocados nesta sexta (05), conforme previsto, e nem mesmo definiu nova data para anúncio, aguardando a decisão da confederação sul-americana. Segundo o UOL, se as datas da rodada forem confirmadas e a FIFA não conseguir a liberação dos jogadores que atuam na Europa, o Brasil terá uma lista de convocados que atuam apenas no país.


Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário