Por conta de variante de covid-19, Colômbia veta entrada do Brasil para rodadas finais das Eliminatórias da AmeriCup de basquete - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Por conta de variante de covid-19, Colômbia veta entrada do Brasil para rodadas finais das Eliminatórias da AmeriCup de basquete

Compartilhe


A Seleção Brasileira de basquete masculina não irá jogar a última janela das Eliminatórias da AmeriCup 2022 em Cáli (COL). Nesta segunda-feira (15), a CBB foi comunicada, através da Federação Colombiana da modalidade, que os atletas provenientes do Brasil estão proibidos de ingressar na Colômbia. A proibição foi do Ministério da Saúde colombiano, levando em conta a pandemia da COVID-19 e a "variante brasileira" do vírus. O Brasil enfrentaria Panamá e Paraguai nos dias 21 e 22 de fevereiro, na última janela das Eliminatórias da AmeriCup 2022.


Através da Federação Internacional de Basquete (FIBA), foi tentada a liberação em caráter de exceção para que o Brasil participasse dos jogos, porém, não houve mudança de decisão do ministério da saúde colombiano. A Seleção Brasileira já está classificada para a Americup de 2022 e usaria as partidas para testar e dar rodagem para jovens talentos. Em carta à CBB, a FIBA confirma a não participação do Brasil nesta última rodada das eliminatórias


Técnico da Seleção Brasileira, Aleksandar Petrovic já estava em deslocamento quando da comunicação colombiana à CBB. Comprometido com o projeto Tóquio 2020, o croata chegou à Cáli na segunda-feira, vindo de Zagreb, na Croácia, sem qualquer restrição, e retornará para o seu país de origem.


A FIBA reiterou a classificação do Brasil para o torneio continental que acontecerá em 2022 e que não sofrerá sanções por conta da ausência desses últimos jogos, que contarão como derrotas por W.O. Agora a seleção brasileira volta suas atividades para a preparação para o pré-olímpico em junho na Croácia.  


foto: FIBA/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário