Buscando pontos na corrida olímpica, Judô do Brasil disputa o Grand Slam de Tbilisi - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Buscando pontos na corrida olímpica, Judô do Brasil disputa o Grand Slam de Tbilisi

Compartilhe


A seleção brasileira de judô se apresentou na terça-feira (23), em Tbilisi, capital da Geórgia, para a disputa do terceiro Grand Slam do ano do Circuito Mundial. Nessa etapa, o Brasil será representado por 15 atletas, que buscam a classificação para os Jogos de Tóquio. O sorteio das chaves será nesta quinta e os primeiros combates acontecerão na sexta-feira, 26.

A equipe feminina brasileira que lutará na Geórgia vai com força máxima: Gabriela Chibana (48kg), Larissa Pimenta (52kg), Ketelyn Nascimento (57kg), Jéssica Pereira (57kg), Aléxia Castilhos (63kg), Ketleyn Quadros (63kg), Maria Portela (70kg), Ellen Santana (70kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e Beatriz Souza (+78kg).

A preparação das meninas foi na cidade de Golem, na Albânia, em um treinamento de campo de dez dias, de 12 a 23 de março, com as seleções do Kosovo, Itália, Turquia, Eslovênia, Polônia, Israel e Tunísia. Foi o primeiro intercâmbio internacional desse tipo da seleção desde a paralisação do calendário no ano passado por conta da pandemia.

"Treino produtivo com as equipes do Kosovo, Itália, Israel, Turquia, entre outros países", destacou a meio-médio Alexia Castilhos em suas redes sociais.

Durante o mesmo período, os judocas da seleção masculina convocados para o Grand Slam participaram do treinamento de campo internacional promovido pela Federação da Geórgia em Tbilisi, que contou com judocas de diversos países europeus e asiáticos, como Holanda, Geórgia, Azerbaijão, Mongólia, França e Bélgica.

Foto: COB/Saulo Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário