Brasil conquista ouro e bronze por equipes no Pan-Americano de tiro com arco; Marcus D'Almeida e Bernardo Oliveira estão na semi - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brasil conquista ouro e bronze por equipes no Pan-Americano de tiro com arco; Marcus D'Almeida e Bernardo Oliveira estão na semi

Compartilhe

O Campeonato Pan-Americano de Tiro com Arco segue acontecendo em Monterrey, no México, e os atletas brasileiros continuam fazendo bonito. Nesta quinta-feira (25), mais um ouro por equipe, desta vez no arco recurvo masculino e um bronze, no recurvo feminino. Além disso, Marcus D'Almeida e Bernardo Oliveira estão na semifinal do torneio individual.


O dia começou com a disputa da equipe masculina de recurvo. O Brasil enfrentou o México na semifinal e venceu tranquilamente por 6-0 (54-47, 53-50 e 53-52). Na final, Marcus D'Almeida, Bernardo Oliveira e Marcelo Costa venceram os colombianos Santiago Arcila, Jorge Antonio Enriquez Noreña e Daniel Felipe Pineda por 6-2 (56-48, 52-55, 55-51 e 53-52), fechando com o ouro a competição por equipes. O bronze ficou com o México, que derrotou Cuba no desempate.


As meninas da equipe feminina tiveram confrontos mais difíceis. Primeiro elas duelaram contra Cuba e avançaram sem maiores problemas, por 6 a 0. Mas na semifinal as brasileiras tiveram um duríssimo embate contra as mexicanas, que lideraram a qualificatória. No final, vitória do México por 5 a 4, em 24 a 19 no desempate. México veio a ser campeão diante da Colômbia e o Brasil, formado por Ane Marcelle dos Santos, Maria Canetta e Ana Machado, conquistou o bronze ao vencer o Canadá por 6 a 2.


Surte + Brasil conquista o ouro na equipe mista no Pan-Americano de tiro com arco


Para fechar o dia tivemos os duelos individuais com confrontos bem apertados. Entre as mulheres, Ane Marcelle começou bem o dia e não teve dificuldade para derrotar Virginie Chenier (CAN) por 6-0 (28-25, 27-20 e 28-23) nas oitavas. Não foi o mesmo caso de Maria Canetta, que lutou demais, mas acabou acertando o alvo no valor 7 perdendo na última parcial para Stephanie Barrett (CAN), por 6-4 (26-25, 25-25, 22-29, 26-26 e 26-25). 


Ane Marcelle dos Santos avançou, porém perdeu nas quartas quando enfrentou Maira Sepulveda, da Colômbia. Ela acabou levando a virada quando tinha 4-0 no placar. A vitória da colombiana foi por 6-4 (27-25, 27-23, 27-28, 26-28 e 26-29). 


Sem Brasil, a semifinal do individual feminino vai ser em duelos caseiros. Ana Vasquez (MEX) bateu a número 1 na classificação, Alejandra Valencia (MEX) e enfrentará a também mexicana Valentina Vasquez na semifinal. Do outro lado, Maira Sepulveda (COL) enfrenta Valentina Contreras, também da Colômbia. Com isso, México ou Colômbia sairá com título individual no feminino.


Brasileiros fazem bonito no masculino

No masculino por muito pouco o Brasil não colocou seus três arqueiros na semifinal do recurvo individual. Mesmo tendo avançado em primeiro, Marcus D'Almeida não teve vida fácil contra Andres Pila, da Colômbia, nas oitavas de final. O brasileiro chegou a estar perdendo, mas virou e saiu com a vitória por 7-3 (27-27, 28-29, 30-26, 29-24 e 29-28). Nas quartas o triunfo veio diante de Nicholas D'amour, das Ilhar Virgens Americanas, por 7-1 (28-28, 28-27, 30-28 e 26-25), deixando o brasileiro a um passo da final.


Bernardo Oliveira também se classificou para as quartas em disputa apertada. Ele saiu das classificatórias em 10º e enfrentou nas oitavas Angel Alvarado, do México, que terminou a classificação em 7º. Venceu o jovem mexicano, de virada, por 6 a 4 (25-27, 28-27, 29-28, 29-29 e 27-27). Nas quartas final Bernardo fez outro embate difícil, desta vez contra o chileno Andres Aguilar, cabeça de chave número 2 por ter terminando em segundo na classificatória. A vitória veio por 6 a 2 (26-25, 27-28, 27-23 e 30-27) colocando-o na semifinal do torneio.


Já o jovem Marcelo Costa, de apenas 21 anos, acabou parando nas oitavas, perdendo po 6-4 para o cubano Hugo Franco. Marcelo titubeou na última flecha, acertando o alvo na marca 7. Se ele tivesse feito um 9 ou 10, teria avançado de fase.


As semifinais masculinas ficaram assim: de um lado D'Almeida enfrenta Ricardo Andrés Soto Pedraza, do Chile, e do outro, Bernardo Oliveira duela contra Santiago Arcila, da Colômbia, que venceu o cubano algoz do Marcelo.


As finais do individual acontecem no domingo (28). Antes, em torneio que terá o mata-mata a partir de amanhã, saberemos os classificados pelo Pré-Olímpico das Américas. Nele, Ane Marcelle tem grandes chances de conquistar uma das três vagas disputadas.


Foto em destaque: Mariano Rios Avila/World Archery

Nenhum comentário:

Postar um comentário