Atletismo do Brasil encerra participação em meetings na Argentina com 15 medalhas - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Atletismo do Brasil encerra participação em meetings na Argentina com 15 medalhas

Compartilhe


A equipe brasileira terminou no domingo (28) a participação na série de três Grandes Prêmios Sul-Americanos, na cidade de Concepción del Uruguay, na Argentina. No GP Hugo Mario La Nasa, que fechou a série, os brasileiros conquistaram mais 15 medalhas, sendo quatro de ouro, sete de prata e quatro de bronze.

O destaque foi na prova dos 110 m com barreiras, em que o pódio foi verde-amarelo. Eduardo de Deus (Projeto Atletismo Maranhão), qualificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio, foi o campeão, com 13.84 (1.4), seguido de Jonathas Felipe Brito (AABLU), campeão do Troféu Brasil, com 13.86, e de Jonatha Paraízo Mendes (São Paulo), com 13.87.

Nos 400 m com barreiras, dobradinha brasileira. Marcio Teles (Orcampi), qualificado para a Olimpíada, venceu com 51.28, seguido de Matheus Liberato Coelho (ADC São Bernardo), com 52.79.

Outra dobradinha foi na prova do salto com vara, com vitória de Augusto Dutra (Pinheiros), também com índice olímpico, com 5,55 m, seguido de Abel Curtinove (AABLU), campeão do Troféu Brasil, com 5,05 m.

No arremesso do peso, dois brasileiros no pódio. O ouro ficou com William Denilson Dourado (UCA), com 19,36 m, seguido do argentino Ignacio Carballo (19,28 m) e de Welington Morais, o Maranhão (Pinheiros), com 19,23 m.

Outros dois brasileiros subiram o pódio do salto triplo, vencido pelo argentino Maximiliano Diaz, com 15,95 m (1.6). Kaual Kamal (Pinheiros) saltou 15,76 (2.5) para a prata e Mateus Daniel de Sá (Pinheiros) ficou com o bronze, com 15,68 m (0.9)

Nos 400 m, Anderson Henriques e Pedro Burmann (ambos da AABLU) ficaram com a prata (46.33) e o bronze (47.75), O argentino Elián Larregina foi ouro com 46.09.

Nos 800 m, Guilherme Kurtz (UCA) foi vice-campeão, com 1:48.21. O ouro ficou com o colombiano Jelssin Robledo, com 1:48.15.

Outra medalha de prata foi alcançada por Adelly Oliveira (Projeto Atletismo Maranhão) nos 100 m, com 11.87 (-0.3). Ela é especialista nos 100 m com barreiras. A argentina Maria Lamboglia ficou com o ouro, com 11.87.

Estados Unidos 

No Baker University Relays, em Baker, o Brasil garantiu duas medalhas de ouro: Alan Christian de Falchi foi campeão do lançamento do disco, com recorde pessoal de 56,86 m, e Deisiane Teixeira venceu o lançamento do dardo, com 48,94 m, melhor marca da temporada.

Foto: Divulgação/CBAt

Nenhum comentário:

Postar um comentário