Senadora Leila Barros apresenta projeto de vacinação para atletas Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Senadora Leila Barros apresenta projeto de vacinação para atletas Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio

Compartilhe
Senadora Leila Barros (PSB) em plenário no Senado Federal

A senadora Leila Barros, do Partido Socialista Brasileiro (PSB) pelo Distrito Federal, apresentou uma emenda para o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 43/2020, que deve ser votada ainda nesta quinta-feira (04) no Senado Federal. A ideia da ex-atleta de vôlei de praia é vacinar atletas Olímpicos e Paralímpicos antes da disputa dos Jogos em Tóquio.


"Sei que existe uma corrida em busca dos imunizantes e a preocupação de que o cronograma de imunização do Sistema Único de Saúde não seja comprometido. Por isso, a minha emenda permite que as doses sejam adquiridas com recursos privados, desde que o governo federal autorize. Não estamos defendendo a inclusão dos atletas em grupos prioritários para a vacinação, mas apenas a imunização em tempo hábil até a realização dos jogos", explica a medalhista de bronze em Atlanta 1996 e Sidney 2000.


O projeto prevê aquisição das doses via iniciativa privada e visa autorizar o Brasil a integrar o projeto Covax Facility, uma aliança internacional que pretender garantir aos países acesso à vacina da Covid-19.


O governo brasileiro não fica obrigado a adquirir as vacinas por meio do projeto: a compra é opcional e "dependerá de análise técnica e financeira para cada caso".


Surte + Presidente de Tóquio 2020 se desculpa por falas machistas, mas garante permanência no cargo


Leila conquistou duas medalhas olímpicas como atleta - Foto: Nicky Loh/REUTERS

Ao todo, a delegação brasileira com atletas, técnicos, membros da logística e dirigentes pode chegar próximo de 1.000 pessoas para estar presente nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Há algumas semanas, o vice-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) Marco Antonio La Porta, disse que não era ideia do COB furar fila da vacina.


Alguns países já iniciaram vacinação de seus atletas olímpicos, como Israel e Hungria. Coreia do Sul, Austrália, Bélgica e Dinamarca anunciaram que irão vacinar seus atletas. Outros Comitês, como no Canadá e na Grécia, há pressão para vacinação dos atletas.


Foto em destaque: Reprodução/Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário