Principais nomes do Pentatlo Moderno no país vão participar da Copa Rio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Principais nomes do Pentatlo Moderno no país vão participar da Copa Rio

Compartilhe


Os principais nomes do Pentatlo Moderno nacional vão participar da Copa Rio, que acontecerá neste sábado, 27. O torneio será realizado no Colégio Militar, no Maracanã, na Zona Norte da capital fluminense, e irá reunir cerca de 50 pentatletas. A competição terá disputas de Tetratlo e Triatlo modernos, duas categorias de base do Pentatlo Moderno.



Dentre os competidores que marcaram presença está o pernambucano Felipe Nascimento, 27, que esteve em Rio 2016. Além deles, os líderes do ranking nacional, o carioca Danilo Fagundes, 32, e a paranaense Isabela Abreu, 25, também vão participar do torneio.


“Está previsto eu viajar para as três etapas de Copa do Mundo que estão por vir, que valem pontos para o ranking olímpico. Então, essa competição será importante para me testar e ver como está meu rendimento diante de uma competição”, conta Felipe.


A Copa Rio é a segunda competição que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) organiza desde o início da pandemia de covid-19. A primeira delas foi um Triatlo Moderno, em outubro do ano passado, no Complexo Esportivo de Deodoro, também no Rio.


“Uma competição como essa é uma oportunidade muito boa para termos um parâmetro para o resto do ano, e também dar uma animada em todo mundo, afinal 2020 foi um ano complicado e 2021 promete”, comemora a carioca Marcela Mello, 16.


No sábado, os pentatletas da Copa Rio vão encarar a esgrima, a natação e o laser-run (tiro a laser e corrida) no Tetratlo Moderno. Já o Triatlo engloba a natação e o laser-run. O hipismo, presente no Pentatlo Moderno, fica de fora nas duas categorias.

Atual líder Sub-19 do ranking brasileiro, o paranaense Carlos Assis, 18, resolveu viajar à Cidade Maravilhosa pensando na importância de torneios como o de agora. O pentatleta conta que como o ano passado foi fraco de competições pretende participar de todas que conseguir na atual temporada.

“Espero melhorar meus resultados, principalmente nas provas de esgrima e tiro, que nas últimas competições identifiquei como meus pontos fracos. O resultado será consequência de uma prova bem executada. Estou indo muito confiante, com boas energias e boas expectativas”, projeta.


Competindo em casa, o carioca Nicholas Medeiros, 16, também resolveu participar da Copa Rio por causa das poucas disputas durante a pandemia.


“Minha preparação vem sendo intensa para eu ter os resultados que almejo. Acredito que vou melhorar meus tempos de natação e laser-run. Na esgrima, meu nível também subirá”, avalia.


De Santos, no litoral paulista, o jovem Bryan Martins , 15, quer sentir o “gosto” de competir e ter mais experiência. Em julho do ano passado, ele participou do Campeonato Sul-Americano de tiro e salto em casa, torneio realizado de forma virtual pela Federação Equatoriana de Pentatlo Moderno para manter os pentatletas do continente ativos.


“Estamos há um bom tempo sem nenhuma competição com outros atletas de diferentes lugares. Então, tenho treinado com muita vontade e sempre dando o máximo, graças ao empenho dos técnicos”, conta.


A edição deste ano será a segunda da Copa Rio. No ano passado, o torneio aconteceu no início de março, na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende, no Sul Fluminense.


Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário