Novak Djokovic espanta ‘zebra russa’ e vai à 9ª final de Australian Open na carreira - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Novak Djokovic espanta ‘zebra russa’ e vai à 9ª final de Australian Open na carreira

Compartilhe
Novak Djokovic se prepara para entrar em quadra em partida contra o russo Aslan Karatsev

Pela nona vez na carreira Novak Djokovic está na final do Australian Open. Ele venceu a sensação do torneio, o russo Aslan Karatsev, por 3 sets a 0, com parciais de 6-3, 6-4 e 6-2, em 1h53 de jogo e está novamente na decisão deste que é o Grand Slam que mais venceu na carreira. 


Sempre que chegou à semifinal do Aberto da Austrália, Djokovic conquistou o título. E caberá agora a Daniil Medvedev ou a Stefanos Tsitsipas, a tarefa de derrubar esta estatística. Eles disputaram na sexta-feira (18), pela outra vaga na decisão do torneio. 


Surte +Osaka joga muito, arrasa Serena no Australian Open e vai à sua quarta final de Grand Slam


Superior na maior parte do jogo, Djokovic fez nesta a sua melhor partida no torneio. E foi muito beneficiado por sua atuação nos games de saque, ao ter disparado 17 aces na partida e ter cometido apenas duas duplas-faltas. Ele ainda teve aproveitamento de 71% dos pontos jogados com o primeiro serviço. 


O primeiro set foi equilibrado e Djokovic conseguiu uma quebra de saque fundamental no oitavo game para vencer a parcial por 6-3, com direito a oito pontos seguidos nos dois games finais. 


Na segunda parcial o atual número 1 do mundo aumentou mais ainda seu ritmo e chegou a abrir 5-1 no placar. Com duas quebras de serviço. Mas se desconcentrou por um momento, vendo Karatsev devolver uma das quebras e ameaçar seu saque no décimo game. Mas o sérvio salvou dois break points e fechou o set por 6-4. 


Surte +Jennifer Brady vence em três sets e vai à primeira final de Grand Slam na carreira


A terceira parcial foi amplamente dominada por Djokovic, que mais uma vez teve um momento de desconcentração, que permitiu uma chance de que Karatsev voltasse ao jogo. Mas cansado, o russo não resistiu conseguiu segurar a pressão. O sérvio quebrou o saque do russo em três oportunidades e fechou o jogo set em 6-2, para confirmar sua vaga na final do aberto da Austrália. 


Djokovic terminou o jogo com 30 winners, seis a mais que Karatsev. Mas os erros não-forçado fizeram total diferença no placar, já que o russo cometeu 30, contra apenas 14 do sérvio. Djokovic também foi decisivo nos break points, aproveitando seis de sete ao longo da partida. 


Foto: Tennis Australia


Nenhum comentário:

Postar um comentário