Decisão da sétima etapa masculina do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia terá disputa entre jovens talentos - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Decisão da sétima etapa masculina do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia terá disputa entre jovens talentos

Compartilhe



Após a rodada do sábado (27), que contou com a realização das quartas de final e semifinais, duas jovens duplas garantiram lugar na grande decisão da sétima etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, que está sendo disputado em Saquarema (RJ). Adrielson e Renato Andrew (PR/PB), de 23 e 21 anos respectivamente, enfrentarão Arthur Mariano, de 23, e Guto, o mais velho, com 28.

O jogo decisivo acontece na manhã deste domingo (28.02), por volta das 11h50 (de Brasília). Antes, às 11h, Vinícius Freitas/Vítor Felipe (ES/PB) e Maia/Vinícius Cardozo (RJ), duplas superadas nas semifinais, medem forças pela medalha de bronze.

Primeira dupla a garantir um lugar na final, Adrielson e Renato Andrew (PR/PB) abriram o dia com vitória sobre Averaldo/Harley (TO/DF), nas quartas de final, por 2 sets a 0 (21/19 e 21/14). No início da tarde eles levaram a melhor sobre Vinícius Freitas e Vítor Felipe (ES/PB) em dois sets (21/10 e 23/21) pela semifinal. Ao conseguir a classificação a uma decisão de Open pela segunda vez na carreira, Adrielson destacou a dedicação dos dois atletas nos treinos.

“Nós estamos treinando muito, nos dedicando muito para alcançarmos os nossos objetivos. E queremos ir cada vez mais longe no Circuito Brasileiro e no Circuito Mundial. Vamos treinar mais juntos, pois estávamos treinando cada um no próprio CT, eu em Maringá (PR) e o Renato em João Pessoa (PB), assim vamos em busca de resultados melhores”, contou Adrielson.

Parceiro do paranaense, Renato Andrew chega a uma decisão de etapa do Circuito Brasileiro pela primeira vez. O jovem atleta, que colecionou títulos nas categorias de base, agradeceu o apoio que recebe de amigos e familiares que estão na torcida à distância, e comentou sobre o nível da competição.

“A etapa está muito competitiva, tivemos jogos muito duros. Mesmo com algumas duplas importantes de fora o nível segue alto. Cada jogo é uma batalha, e estamos nos saindo bem. O Adrielson é um grande parceiro, ele me ajuda muito dentro de quadra e eu o ajudo. Tenho que agradecer a todos que me apoiam, nossas famílias, nossos centros de treinamento. Agora vamos focar para amanhã que o nosso objetivo é o ouro”, disse Renato.

Adversários de Adrielson e Renato na final, Guto e Arthur Mariano iniciaram o dia com vitória sobre Léo Vieira/Bruno (DF/AM), nas quartas de final, por 2 sets a 1 (17/21 e 21/14 e 15/10). Mais tarde, pela semifinal, novo resultado positivo em partida definida no tiebreak, desta vez sobre Maia/Vinícius Cardozo (RJ) (19/21, 21/18 e 15/9). Esta será a quarta decisão da dupla na temporada, e, para Arthur Mariano, o trabalho feito nos treinamentos é a razão dos resultados recentes.

“Acho que isso tudo é fruto do nosso trabalho, de nós três juntos com nosso preparador físico e nossa psicóloga. Acho que ninguém mais sabe o que a gente passa, o que a gente treina para estar aqui, físico e academia, e só é fruto do nosso trabalho”, explicou Arthur. O atleta também comentou sobre o duelo na decisão contra Adrielson, parceiro de Arthur na primeira final que disputou na carreira, na temporada passada.

“Acho que é uma motivação a mais. Sempre que a gente joga contra é um jogão. Todas as vezes que a gente jogou contra foi um grande jogo. Acho que a gente precisa estar mais focado ainda porque a gente sabe o que eles podem fazer, o que eles fazem. A gente se conhece bem e se enfrentou várias vezes”, falou Arthur.

Foto: INOVAFOTO/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário