Após ter casa assaltada e medalhas levadas, Arthur Nory desabafa: "representam todo meu suor, trabalho e dedicação" - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Após ter casa assaltada e medalhas levadas, Arthur Nory desabafa: "representam todo meu suor, trabalho e dedicação"

Compartilhe
Arthur Nory em ação nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019

O ginasta Arthur Nory sofreu um grande susto na manha desta sexta-feira (05). Enquanto treinava em seu clube, Nory teve sua casa invadida e assaltada por dois bandidos em São Paulo. Após ter feito boletim de ocorrência e passado um pouco o susto, o campeão mundial da barra fixa e medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio, usou as redes sociais para desabafar.


"Tristeza, hoje entraram na minha casa. Além do difícil momento que passamos, os bandidos levaram todas as minhas medalhas. São objetos simbólicos, mas elas representam todo o meu suor, trabalho e dedicação", desabafou o atleta.




"Fiquem tranquilos, graças a Deus está tudo bem comigo. Quero continuar o meu trabalho para trazer mais medalhas pra casa", completou Nory, tranquilizando os fãs.

Em entrevista ao blog Olhar Olímpico, Nory disse que os bandidos armados queriam joias e que trancaram no banheiro a moça que limpava sua casa por volta das 10h. Câmeras de segurança foram acionadas e devem ajudar nas investigações.


Credenciais e medalhas de Nory em sua casa antes do assalto - Foto: Arquivo Pessoal

Dentre as medalhas levadas estão as conquistadas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e Lima 2019, além das Copas do Mundo e Campeonatos Brasileiro. Ao menos duas medalhas, as mais importantes da carreira, foram salvas. A medalha de bronze olímpica e a de ouro do mundial de Stuttgart estavam em outro ponto da casa e não foram levadas.

Fotos em destaque: Niyi Fote/TheNews2/Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário