Sérgio Hernandez anuncia saída do comando da Seleção de basquete da Argentina - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Sérgio Hernandez anuncia saída do comando da Seleção de basquete da Argentina

Compartilhe




 

A Seleção de basquete masculino da Argentina sofre uma grande perda. O técnico Sérgio Hernández anunciou sua saída do comando da albiceleste para assumir a equipe do Zaragoza na Liga ACB de basquete, que está em décimo sexto no campeonato com apenas 2 vitórias em 8 jogos.


“Há muitos anos que espero entrar numa das melhores ligas do mundo, como é o caso do ACB, e neste caso é o Zaragoza, um clube histórico, com muita cultura desportiva, numa cidade que ama o basquetebol, com um interessante projeto esportivo e uma equipe muito valiosa. Uma combinação de coisas que eu esperava há muito tempo e aconteceu agora mesmo. Dói-me a alma deixar a Seleção, mas é uma oportunidade muito boa. Assim que o contrato for finalizado, vou decidir os passos a seguir ... " disse o 'Oveja', apelido de Hernandez


Sérgio ainda deixou claro que só saiu do comando da seleção argentina por conta do regulamento da Liga ACB que não permite que um treinador tenha cargo em clube e seleção. O argentino assinou até o fim da temporada e não descartou voltar para comandar a Argentina nos jogos olímpicos de Tóquio, se a CABB (Confederação Argentina de Basquete) quiser. E se segundo p residente Fabian borro, isso poderá ser possível:


"Não há dúvida de que Sergio está no melhor momento de sua carreira e que esse era seu grande desejo que queríamos ajudar a realizar. Por isso nos dá muita alegria que ele possa realizar o sonho e desta forma prestigiar todo nosso basquete ao máximo. Não é fácil administrar na Europa e menos ainda na ACB, a melhor liga daquele continente. Estamos felizes por ele e esperamos que seu retorno seja em breve, nos Jogos Olímpicos de Tóquio."


Esta foi a segunda passagem de Hernandez na seleção argentina. A primeira foi em 2005 quando assumiu no lugar de Ruben Magnano, onde foi medalha de bronze na Olimpíada de Pequim em 2008.Em 2015 assumiu a seleção argentina novamente e seu maior feito foi o vice-campeonato mundial em 2019. No momento, os seus auxiliares comandarão a Argentina nas eliminatórias da Americup em novembro e a CABB definirá até fevereiro de 2021 se contratará um substituto ou esperará por Hernandez nos Jogos Olímpicos.


foto: FIBA/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário