Seleção brasileira de judô disputa Campeonato Pan-Americano, no México - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Seleção brasileira de judô disputa Campeonato Pan-Americano, no México

Compartilhe




A delegação brasileira de judô embarcou na manhã da quarta-feira (20), para Guadalajara, no México, onde acontecerá o Campeonato Pan-Americano de Judô. As primeiras categorias lutarão na sexta-feira (20), e a competição acabará no domingo (22), com a disputa por equipes mistas. 


O Pan de judô é uma das competições que distribuem pontos (700 para os campeões) no ranking mundial classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021. 


O evento encerrará o calendário de competições internacionais do judô em 2020. Após a paralisação dos eventos pela pandemia do novo coronavírus, a seleção disputou dois torneios: em setembro, teve a Taça Kobayashi, em Coimbra, e, em outubro, o Grand Slam da Hungria, que valeu pontos no ranking. 


A equipe participou também de treinamento de campo em Coimbra, Portugal, com a Missão Europa, do COB, e de dois treinamentos de campo nacionais promovidos pela CBJ, em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. 


“A preparação foi muito boa, estudei bastante as minhas adversárias e me sinto pronta para esse Pan-Americano, que é uma competição que soma muitos pontos no ranking”, avaliou a peso leve Jéssica Pereira, que é bicampeã pan-americana (2017 e 2018), mas em outra categoria, a meio-leve (52kg). “Pude competir em Portugal e foi uma experiência incrível, porque não conheço muitas atletas nessa nova categoria. Lá, fiz uma luta com a Telma Monteiro (11ª no ranking mundial) e foi muito importante para mim essa evolução desde Portugal até aqui. Me sinto mais preparada para lutar o Pan”, concluiu. 


Além dela, na equipe feminina, viajaram para Guadalajara Larissa Pimenta (52kg), Eleudis Valentim (52kg), Ketleyn Quadros (63kg), Maria Portela (70kg), Beatriz Souza (+78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg). Apenas Ketelyn Nascimento (57kg) apresentou resultado positivo para Covid-19 no teste pré-viagem e não disputará esse Pan. A atleta está assintomática, em isolamento, e recebendo os cuidados necessários. 


Entre os homens, o Brasil viajou com força máxima. O time conta com Eric Takabatake (60kg), Daniel Cargnin (66kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), Eduardo Yudy Santos (81kg), Rafael Macedo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Silva Baby (+100kg) e David Moura (+100kg). 


As principais potências continentais, como Cuba e Canadá, estão levando atletas para a disputa no México, que promete ser bastante equilibrada em algumas categorias. Entre os destaques aparecem as campeãs olímpicas Paula Pareto (48kg/ARG) e Idalys Ortiz (+78kg/CUB), no feminino, e Ivan Felipe Silva Morales, de Cuba, vice-campeão mundial dos médios (90kg).


Foto: CBJ/Rafal Burza

Nenhum comentário:

Postar um comentário