Organizadores podem limitar período de permanência dos atletas na vila olímpica em Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Organizadores podem limitar período de permanência dos atletas na vila olímpica em Tóquio

Compartilhe

De acordo com autoridades japonesas, os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio poderão limitar o tempo de permanência de atletas na vila olímpica, além de exigir o cumprimento do distanciamento social como alguns dos protocolos de segurança do evento que foi adiado para 2021 por causa da pandemia de coronavírus.

O objetivo é evitar uma superlotação, tendo como base o compartilhamento do cronograma de chegada e saída dos atletas no alojamento. 

O CEO do Comitê Organizador local, Toshiro Muto, revelou foco na revisão e desenvolvimento de planos para deixar os Jogos mais seguros, e que junto ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e ao Comitê Paralímpico Internacional (IPC), estão considerando pedir aos atletas e voluntários que mantenham uma distância de 2 metros um do outro.

John Coates, membro do COI, disse que a vila dos atletas deverá ser o "lugar mais seguro em Tóquio" durante os jogos. “O número de atletas não vai diminuir, vai ser igual. O período de permanência mais longo na vila aumenta o potencial de problemas", explicou. 

Apesar da pandemia de coronavírus continuar sendo uma grande ameaça, dirigentes como Andrew Parsons, presidente do IPC, mostraram otimismo com a realização dos eventos olímpicos, além da confiança de que os atletas cumprirão com todos os protocolos que serão exigidos. 

Os organizadores estimam ainda que 5 mil testes de coronavírus podem ser realizados diariamente na vila dos atletas durante as Olimpíadas.

Foto: Reprodução




Nenhum comentário:

Postar um comentário