Julgamento de recurso do treinador Alberto Salazar no CAS é adiado para março de 2021 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Julgamento de recurso do treinador Alberto Salazar no CAS é adiado para março de 2021

Compartilhe

Banido por quatro anos e acusado de comandar e facilitar um esquema de doping atuando como principal treinador de atletismo do Nike Oregon Project (NOP), Alberto Salazar teve o julgamento de seu recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (CAS) adiado para março de 2021, devido à pandemia de coronavírus. 

A audiência de Salazar e do médico Jeffrey Brown, ambos banidos por quatro anos de suas atividades esportivas após uma longa investigação de conduzida pela Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA), estavam programadas para ocorrerem entre 8 e 16 de novembro, mas precisaram ser reagendadas para entre 3 e 12 de março.

O local dalo julgamento do apelo não foi confirmado, nas acredita-se que o CAS, apesar de estar localizado na Suiça, marcará a audiência nos Estados Unidos. 

De acordo com a USADA, Salazar traficou testosterona, substância proibida, utilizada para melhorar o desempenho dos atletas. Ele também teria supostamente adulterado processos de controle de doping dos atletas do NOP, segundo a investigação. O treinado negou qualquer envolvimento com esses casos.

O NOP é um acampamento de treinamentos projetado principalmente para desenvolver atletas de resistência dos Estados Unidos e que foi encerrado após o escândalo. 

Nenhum atleta do NOP foi acusado de doping, embora a Agência Mundial Antidoping (WADA) tenha prometido investigar os 'pupilos' de Salazar.

Foto: AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário