Guia do ATP Finals temporada 2020 – Duplas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Guia do ATP Finals temporada 2020 – Duplas

Compartilhe

A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) sorteou na última sexta-feira (13), os grupos do torneio de duplas do ATP Finals, último grande evento de tênis da temporada 2020. 


A disputa pela última vaga disponível durou até sexta-feira e foi conquistada pela parceria entre o austríaco Jurgen Melzer e o francês Edouard Roger-Vasselin, que superaram nesta batalha os britânicos Jamie Murray e Neal Skupski, ao avançar à final do ATP 250 de Sofia, atingindo o resultado necessário para a classificação.


Os grupos do ATP Finals desta temporada levam os nomes de Bob e Mike Bryan, lendária dupla que anunciou sua aposentadoria em agosto deste ano. 


O Grupo Bob Bryan é composto por: Bruno Soares (BRA) e Mate Pavic (CRO), Marcel Granollers (SPA) e Horacio Zeballos (ARG), John Peers (AUS) e Michael Venus (NZL), e por fim, Jurgen Melzer e Edouard Roger-Vasselin. 


Já o Grupo Mike Bryan conta com Rajeev Ram (USA) e Joe Salisbury (GBR), Kevin Krawietz (GER) e Andreas Mies (GER), Wesley Koolhof (NED) e Nikola Mektic (CRO), e por fim, Marcelo Melo (BRA) e Lukasz Kubot (POL). 


Os atuais campeões, os franceses Pierre Hugues Hebert e Nicolas Mahut não se classificaram para o Finals, terminando a temporada na 15ª colocação.  


Confira mais detalhes sobre as duplas participantes do ATP Finals de 2020. 


Grupo Bob Bryan




Bruno Soares e Mate Pavic

Campeões do US Open e finalistas em Roland Garros, Soares e Pavic foram a dupla de maior sucesso em 2020. Aos 38 anos, o brasileiro segue desempenhando um tênis de alto nível e encontrou no croata, um parceiro que complementa seu estilo de jogo. 

Nesta temporada eles atingiram também a final do Masters 1000 de Paris, caindo diante Felix Auger-Aliassime e Hubert Hurkacz.

Essa será a sexta participação de Soares no Finals, tendo como melhor resultado a semifinal, fase que atingiu em quatro oportunidades. Já seu parceiro, Pavic, disputará o evento pela terceira vez (a segunda classificando-se diretamente) e nunca passou da fase de grupos. 





Marcel Granollers e Horacio Zeballos

Campeão em 2012, Marcel Granollers não disputava o Finals desde 2017. Nesta temporada o espanhol conquistou a vaga ao lado de seu parceiro argentino Horacio Zeballos, que disputará pela primeira vez o evento. 

Quarta melhor dupla da temporada, Granollers e Zeballos conquistaram três títulos em 2020, perdendo apenas uma final (ATP 250 de Kitzbhuhel). A dupla ergueu o caneco no ATP 250 da Buenos Aires, no Rio Open (ATP 500) e no Masters 1000 de Roma, todos no saibro. 





John Peers e Michael Venus

Donos de três títulos em 2020, Peers e Venus formam uma dupla experiente no circuito, a sexta que mais fez pontos no ranking nesta temporada. Juntos eles conquistaram o ATP 500 de Dubai, o ATP 500 de Hamburgo e o ATP 250 da Antuérpia. 

Enquanto Venus vem de final em 2019, ao lado de Raven Klassen, Peers foi bicampeão com Henri Kontinen em 2016 e 2017. 

Peers soma quatro participações no evento, uma a mais que Venus. 





Jurgen Melzer e Edouard Roger-Vasselin

Aos 39 anos, Melzer viverá um dos últimos torneios de sua carreira, já que pretende se aposentar após a disputa do Australian Open do ano que vem. O austríaco chega para o Finals deste ano com duas outras participações na bagagem, mas sem nunca ter avançado à semifinal do evento. 

Ao lado de Melzer estará o francês Edouard Roger-Vasselin, que na única vez que disputou o Finals, em 2014, chegou à semifinal. Juntos eles conquistaram apenas um título na temporada, o ATP 500 de São Petersburgo, ficando com o sétimo lugar entre as duplas que mais marcaram pontos no ano. 



Ordem dos jogos de 1ª rodada

Segunda (16):

9h* - Granollers/Zeballos x Peers/Venus

15h* - Soares/Pavic x Melzer/Roger-Vasselin

*horários estimados pela organização do evento, podendo sofrer alterações



Surte + : Guia do ATP Finals temporada 2020 – Simples



Grupo Mike Bryan




Rajeev Ram e Joe Salisbury

O experiente estadunidense Rajeev Ram chega para a disputa de seu quarto ATP Finals, tendo chegado na decisão em 2016. Ele jogará ao lado de seu parceiro britânico Joe Salisbury, que fez sua estreia no evento durante a temporada de 2019, com o próprio Ram, caindo ainda na fase de grupos. 

Segunda melhor dupla de 2020, Ram e Salisbury conquistaram o título do Australian Open, ainda antes da pandemia de coronavírus. Eles também chegaram à semifinal do US Open e às quartas de final em Roland Garros nesta temporada.





Kevin Krawietz e Andreas Mies

Bicampeões consecutivos em Roland Garros, Krawietz e Mies chegam à disputa do Finals como terceira melhor dupla do ano. Essa será a segunda participação da parceria no evento e eles buscam passar da fase de grupos pela primeira vez na carreira. 

Além da vitória em Roland Garros, a dupla alemã fez final em um dos ATPs 250 realizados em Colônia, ficando com o vice-campeonato.

No entanto a dupla caiu precocemente nos outros dois Majors disputados em 2020, parando na primeira rodada do Australian Open e na segunda fase do US Open. 





Wesley Koolhof e Nikola Mektic

Quinta dupla com mais pontos em 2020, Koolhof e Mektic não conquistaram títulos juntos nesta temporada. Eles foram vice-campeões do ATP 250 de Marseille e do US Open, perdendo a final para Soares e Pavic. 

No entanto, Koolhof ergueu um caneco em 2020, mas ao lado do indiano Roham Bopanna, durante o ATP 250 do Catar. 

Essa será a estreia de Koolhof no Finals, enquanto Mektic participou do evento em 2018. 





Marcelo Melo e Lukasz Kubot

Finalistas em 2017, uma das duplas mais duradouras do circuito disputará o Finals pela quarta vez seguida. Além disso, essa será a oitava participação seguida de Marcelo Melo no evento. 

Único brasileiro com duas decisões de Finals no currículo (2014/Ivan Dodig e 2017/Lukasz Kubot), Melo tenta seu primeiro título no torneio. 

Oitava melhor dupla de 2020, Melo e Kubot não tiveram vida fácil nos Majors, caindo na primeira rodada no US Open e na segunda rodada no Australian Open e em Roland Garros. 

Numa temporada muito conturbada por causa da pandemia de coronavírus, eles ainda conseguiram conquistar dois títulos: os ATPs 500 de Acapulco e de Viena. 



Ordem dos jogos de 1ª rodada

Domingo (15):

9h* - Krawietz/Mies vs Koolhof/Mektic

15h* - Melo/Kubot vs Ram/Salisbury

*horários estimados pela organização do evento, podendo sofrer alterações


Fotos: Reprodução/ATP

           Reprodução/ATP

           Reprodução/Twitter Rio Open

           Jorge Ferrari

           Reprodução/ATP

           EPA

           Charles Platiau/Reuters

           USTA

           Glyn Kirk/AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário